Novo feed do Instagram: saiba como se adaptar a essa mudança
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Novo feed do Instagram: como se adaptar a essa mudança

Veja como o novo feed do Instagram busca uma similaridade com o TikTok que foge da naturalidade que a plataforma costumava ter

O novo feed do Instagram já é uma realidade que vem deixando os profissionais de marketing atentos. Com a finalidade de tentar conter o crescimento do TikTok, a última atualização foi um tanto quanto drástica.

Adam Mosseri disse que a plataforma não é mais um aplicativo de compartilhamento de fotos em formato quadrado. Por isso, o Instagram altera oficialmente o layout do feed para comportar conteúdos verticais em tela cheia.

O que vai mudar no novo feed do Instagram?

O novo feed do instagram fará com que as fotos, stories e reels deixem de ser intuitivos. Certamente, todas essas mudanças farão com que seja difícil diferenciar o feed do instagram e do TikTok.

Alguns usuários foram escolhidos aleatoriamente para usar a versão beta da nova interface de uma mudança que ainda está em período de testes. De acordo com relatos, a era dos vídeos verticais e curtos está cada vez mais próxima.

O novo feed do instagram traz postagens em tela cheia, uma após a outra. A rolagem do feed com os posts aparecendo lentamente deixam de existir. Da mesma maneira que se faz no TikTok, para pular de um post para outro é preciso deslizar a tela.

Sem dúvida, o novo feed é uma boa pedida para os reels. A experiência fica mais focada e você não tem spoilers do próximo se escolher deslizar para baixo. Porém, o problema é na hora de curtir ou deixar um comentário, pois é necessário tocar para abrir a área de comentários. Em resumo, a experiência do usuário do novo layout é bem estranha.

A tendência TikTok

O TikTok incomoda as outras redes sociais e não é de hoje. Inegavelmente, o crescimento do TikTok é bastante surpreendente. A plataforma conquista novos usuários a cada dia e ainda consegue retê-los como nenhuma outra levanta questionamentos.

Em 2021, o TikTok ultrapassou os recordes de tempo gasto no Facebook, Instagram e Youtube. Por consequência, de acordo com o eMarketer, foi indicado como o melhor aplicativo nos Estados Unidos no ano passado.

O crescimento acelerado quebrou padrões e despertou o interesse de nomes como Mark Zuckerberg. Sendo assim, os esforços para cativar os usuários começaram de maneira sutil:

  • Introduzir os reels (e prioridade dos algoritmos para esse tipo de conteúdo em relação aos outros tipos);
  • Fazer testes para stories de 60 segundos;
  • Oferecer bônus em dinheiro aos criadores que fazem os melhores reels;
  • Anunciar a priorização de conteúdo “original” sobre os reposts no final de abril (que era basicamente um jeito para os usuários pararem de repostar conteúdo do TikTok no Instagram);
  • Investir em ferramentas e modelos de criadores;
  • Testar o novo feed do Instagram com alguns dos usuários.

Instagram vs TikTok 

Apesar do Instagram ter sido comprado pelo Facebook, uma parte da essência permaneceu no aplicativo. Mesmo tendo a liberdade de postar em outros formatos e acesso a ferramentas novas, o Instagram era a plataforma para compartilhar sua vida por imagens.

Em 2016, tínhamos apenas o Snapchat para compartilhar nossa vida em tempo real com o plus de ser um conteúdo que desaparecia em 24 horas. 

Logo o Instagram trouxe isso através dos stories, causando uma queda de crescimento de 82% no Snapchat naquele ano. O movimento fazia sentido, pois era uma maneira de adicionar uma função ao comportamento de seus usuários. 

As marcas entenderam seu espaço dentro do Instagram e o conteúdo passou de apenas vida pessoal em fotos, mas também em histórias e vídeos. Sem dúvida, o conceito de influenciadores fez o Instagram se adaptar para atender à demanda. 

A plataforma tornou-se plural e permitia a produção e consumo de conteúdo como o usuário achasse mais atrativo. Carrosséis, outros formatos de imagens além do quadrado, vídeos, lives, experiências de compra.

De repente, o novo feed do instagram chegou e as mudanças não pararam de acontecer. Marcas e criadores de conteúdo foram obrigados a postar reels para ter um engajamento bom na plataforma.

O algoritmo do instagram está sempre mudando, e dessa vez o efeito TikTok teve grande influência nessa mudança.

A dica é cuidar de sua estratégia de Marketing para Instagram e mudar suas postagens para o novo formato. 

Embora cada rede social tenha suas particularidades que a fazem querida e odiada, o TikTok trouxe novas perspectivas para as plataformas. E mesmo que os usuários não estejam gostando, os testes podem fazer com que o novo feed do instagram seja distribuído em breve para todos.

Leia também:

Como anda sua imagem nas redes sociais? Especialista destaca 5 dicas de ouro para construir uma marca pessoal

Social Commerce: 74% dos brasileiros usam redes sociais para comprar

Comentários estão fechados.