Leilão de imóveis: 9 dicas para comprar casa com lucro - Revista Capital Econômico
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Leilão de imóveis: 9 dicas para comprar casa com lucro

Saiba tudo o que precisa antes de arrematar o seu

O leilão de imóveis é uma das formas de realizar o sonho da casa própria, tão comum entre os brasileiros.

É também uma boa oportunidade de investir e até obter algum lucro com a revenda ou o aluguel desses imóveis.

Porém, é preciso estar atento para não acabar tendo prejuízos e dores de cabeça.

Quais as vantagens de comprar no leilão de imóveis?

A principal vantagem de comprar no leilão de imóveis é a possibilidade de pagar muito menos do que o valor de mercado pelo bem.

Em alguns casos, esses imóveis chegam a ter mais de 70% de desconto.

Sendo assim, se você souber observar e analisar todas as variáveis, pode fazer ótimos negócios em um leilão de imóveis.

9 dicas para não perder dinheiro na hora de comprar casa em leilão de imóveis

Apesar de ter potencial para se tornar um excelente negócio, comprar em um leilão de imóveis pode virar uma tremenda dor de cabeça.

Para evitar que isso aconteça, é importante se dedicar e seguir uma série de regras que podem vir a fazer toda a diferença.

Leia atentamente o edital

Geralmente, no edital dos leilões de imóveis estão contidas todas as informações sobre os bens.

Então, é importante ler com muita atenção, não só as informações sobre preços e datas, mas tudo, pois tudo pode vir a ser relevante.

Certifique-se de que o imóvel esteja desocupado

Se o imóvel leiloado estiver ocupado, você não poderá tomar posse imediatamente.

Além disso, muitas vezes é preciso requerer uma ordem judicial de despejo que sempre fica por conta do comprador.

Aliás, essa é uma das informações que o edital geralmente traz.

Se possível, visite o imóvel

Na maioria das vezes, não é permitido fazer visitas antes de um leilão de imóveis.

Porém, você pode verificar se há essa possibilidade e ver com seus próprios olhos se o negócio vale a pena.

Visite a vizinhança

Uma das coisas que você pode fazer, na impossibilidade de entrar no imóvel, é visitar as áreas no entorno dele.

Converse com os moradores sobre a segurança do bairro, barulhos, etc.

Estabeleça o seu teto antes do leilão de imóveis

Conhecendo o local antes do leilão de imóveis, você deve avaliar quanto está disposto a investir nesse bem.

Determine um valor e o respeite, pois ultrapassá-lo poderá causar problemas, como deixar o orçamento muito apertado e ofuscar a satisfação da compra.

Lembre-se dos custos extras do leilão de imóveis

Quando for calcular quanto pretende e pode gastar no leilão de imóveis, não se esqueça de deixar uma margem para custos adicionais.

Afinal, gastos com cartório, papelada, multas, IPTU atrasado e outras contas que ficarão sob sua tutela.

Sendo assim, saiba que eles podem aparecer e pesar no seu bolso se não se preparar.

Informe-se sobre o leiloeiro

Faça uma pesquisa criteriosa a respeito do vendedor.

Veja como é a reputação dele no mercado e se ele possui licença legal para fazer o leilão de imóveis, para garantir a cobertura da lei.

Registre o arremate imediatamente

É comum um mesmo imóvel aparecer em mais de um leilão de imóveis.

Então, para evitar problemas, assim que arrematar e comprar o imóvel, registre-o em cartório.

Se preciso, faça valer o direito de arrependimento

Até todas as assinaturas serem colhidas, do vendedor, do juiz, do comprador e do escrivão, você pode mudar de ideia sobre a compra, sem nenhum ônus.

Portanto, pense bem antes de assinar. Depois disso, a arrematação é irreversível, ou, na melhor das hipóteses, muito difícil de se revogar.

Veja mais:

Marketing Digital para RH: 10 dicas para implementar na sua empresa

Starbucks lança primeiro e-commerce B2C da franquia

Aluguel ou financiamento de imóvel: qual é melhor?

Comentários estão fechados.