Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Governo do Estado de São Paulo: estão abertas as inscrições para desafios tecnológicos

Chamada pública recebe inscrições que apresentem propostas de soluções inovadoras relacionadas ao monitoramento dos sinais vitais e operação de aparelhos eletromédicos usados em leitos hospitalares (UTI e Enfermaria) em um modelo remoto, inteligente e integrado

O IdeiaGov está com inscrições abertas para mais um chamamento público.

Pessoas jurídicas que tenham interesse em apresentar propostas de soluções inovadoras relacionadas ao desafio de monitoramento dos sinais vitais e operação de aparelhos eletromédicos usados em leitos hospitalares (UTI e Enfermaria) em um modelo remoto, inteligente e integrado devem se inscrever até o dia 12/08/2020 no site do IdeiaGov: http://ideiagov.sp.gov.br/ .

A pandemia trouxe a tona a questão da segurança dos profissionais da saúde que trabalham na linha de frente com esses pacientes.

Atualmente, o monitoramento de pacientes em regime de internação é feito de forma presencial pelos profissionais de saúde. Quando são aferidos os sinais vitais, checagem de fluxo nas bombas de infusão e monitoramento de ventiladores, entre outros equipamentos que possam estar auxiliando na recuperação do paciente.

A exposição dos profissionais a pacientes internados por Covid-19 traz um alto risco de contaminação. Cada vez que um profissional acessa um leito é necessária a paramentação e desparamentação completa. O que traz aumento nos gastos com equipamentos de proteção individual (EPI).

O afastamento dos profissionais da saúde também reflete na redução do quadro de funcionários no atendimento. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, o percentual de trabalhadores da saúde afetados pela Covid-19 chega a 10%.

“Encontrar soluções que permitam o monitoramento remoto de pacientes irá garantir eficiência no atendimento e segurança para os profissionais da saúde. As soluções poderão ser utilizadas nos cuidados de outras doenças e ainda evoluir para um modelo de internação em casa. Isto é inovação em governo. Quando juntos buscamos e preparamos tecnologias que beneficiem toda a sociedade”, explica Felipe Massami Maruyama, diretor de operações do IdeiaGov.

O edital que busca identificar e selecionar, para potencial adoção pelo Estado de São Paulo, está disponível no site do IdeiaGov .

Processo de seleção

As soluções propostas deverão apresentar características como monitoramento e/ou operação remota e integrada de bombas de infusão, ventiladores, oxímetros, ECGs, monitores multiparamétricos, electrocardiógrafos e cardioversores; replicabilidade para equipamentos de diferentes fabricantes e gerações; integração de dados e informações em uma plataforma única de gerenciamento, entre outros requisitos que estão descritos no edital.

Podem participar desta chamada pública pessoas jurídicas nacionais ou estrangeiras em situação regular no país, bem como consórcios, liderados por empresa nacional ou constituídos integralmente por grupo de empresas nacionais, desde que apresentados os documentos exigidos para inscrição e atendidas as demais normas da Chamada Pública.

A divulgação das propostas selecionadas acontece até 30 dias após o prazo final de inscrições, no dia 12/08/2020.

Mais informações sobre a chamada pública estão disponíveis no edital do desafio “como monitorar sinais vitais e operar aparelhos eletromédicos usados em leitos hospitalares (UTI e Enfermaria) em um modelo remoto, inteligente e integrado”. Link do edital: http://ideiagovdesafioscovid19.prosas.com.br/uticonectada.html

IdeiaGov contra a Covid-19 – Editais abertos

O IdeiaGov mantém outras duas chamadas públicas abertas e recebendo inscrições.

O Edital de desafio tecnológico de “como realizar testes de diagnóstico para Covid-19 que sejam confiáveis, acessíveis para programas de saúde pública e possam ser replicados para alcançar o maior número possível de pessoas.” E também o edital de ofertas tecnológicas do mercado para o enfrentamento da Covid-19.

O objetivo é identificar, selecionar e testar soluções inovadoras, sob a forma de tecnologias, produtos, processos e serviços, integrados ou não, bem como projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) que permitam diagnosticar, monitorar e controlar a pandemia de Covid-19 e que possam ser empregados em outras epidemias, e/ou possibilitem a produção nacional de insumos utilizados atualmente para o diagnóstico e manejo clínico da doença, ampliando a capacidade de testes.

Ambos os editais (desafio e ofertas) encerram inscrições no dia 10 de agosto. Mais informações sobre as chamadas públicas estão disponíveis no site do IdeiaGov.

Sobre o IdeiaGov

O IdeiaGov é um Hub de Inovação que traz soluções de mercado e da sociedade para desafios do Governo do Estado de São Paulo, oferecendo melhores serviços públicos para o cidadão e mais eficiência na gestão pública. O programa atua em três frentes de ação: como espaço de encontro entre diferentes atores do Ecossistema de Empreendedorismo de Impacto e do Sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação; por meio da aceleração de negócios que resolvam desafios do interesse público e complementam o trabalho do governo no fomento para uma sociedade próspera e justa; e por meio de programas de apoio que potencializam a relação e a contratação de soluções inovadoras para órgãos do governo do Estado de São Paulo.

Liderado pelas Secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Governo do Estado de São Paulo, o IdeiaGov é operado pelo Impact Hub e conta com diversos parceiros: a Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, o Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT), a Procuradoria Geral do Estado de São Paulo (PGE) e a Companhia de Processamento de Dados de São Paulo (PRODESP), além de organizações com atuação nas áreas de geração de negócios, a partir de ciência e tecnologia, inovação em governo e tecnologias sociais, como a Wylinka e o Instituto Tellus.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.