Consórcio Honda: como funciona
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Consórcio Honda: como funciona

Antes de aderir ao consórcio Honda, o ideal é entender bem o seu funcionamento para não ter dúvidas no decorrer do processo.

O consórcio Honda apareceu como uma das melhores formas de adquirir uma motocicleta de forma parcelada e sem pagar as altas quantias de juros de um financiamento, por exemplo.

Entretanto, se você estiver planejando aderir a esse consórcio, deve entender tudo sobre ele antes de assinar o contrato.

Nesse sentido, é necessário entender o funcionamento do consórcio, como participar dele, como se formam os grupos, etc.

Como funciona um consórcio?

Um consórcio nada mais é que uma associação entre um grupo de pessoas físicas e uma pessoa jurídica.

Essa pessoa jurídica no caso é a administradora do consórcio, que pode oferecer casas, carros, imóveis e outros bens.

Assim, a administradora do consórcio calcula o valor do bem consorciado e o divide em parcelas que podem ser de até 72x, em média.

Depois de definidas as parcelas, começa a formação de um ou mais grupos de consorciados ou cotistas, como também são chamados os participantes.

Cada pessoa que aderiu ao consórcio deve pagar essas parcelas mensalmente, sem atrasos ou inadimplência.

A partir daí, todos os meses acontecem as chamadas assembleias, que servem para definir qual dos participantes vai receber uma carta de crédito para comprar o bem consorciado.

A pessoa contemplada continua pagando as parcelas normalmente até quitar o valor do bem. 

Já os cotistas que não forem sorteados até o fim do consórcio, recebem a carta de crédito no valor do bem assim que pagarem a última parcela.

Vale destacar que é possível aumentar as chances de ser contemplado na assembleia mensal dando um lance, movimento que explicaremos ao longo do texto.

Como é o consórcio Honda?

O consórcio Honda funciona da mesma forma que todos os outros consórcios, a qual explicamos no tópico anterior.

Porém, aqui os únicos bens consorciados são principalmente motocicletas, mas também carros da marca japonesa.

Citamos esse fato porque existem alguns outros consórcios no Brasil que agregam vários outros tipos de bens.

Segundo dados da própria Honda, o seu consórcio, fundado no Brasil em 1981, já entregou mais de 5 milhões de motocicletas e carros aos seus consorciados.

Para aderir ao consórcio Honda, você deve ir até uma concessionária da empresa ou acessar o site para fazer o cadastro.

Depois que estiver incluído em um grupo em andamento, basta pagar as parcelas todos os meses e aguardar a contemplação premiada.

Veja abaixo os quatro principais fatores que compõem o valor de uma parcela do consórcio Honda:

  • Fundo comum: saldo usado para pagar o bem consorciado;
  • Taxa de administração: valor cobrado pela administradora para organizar o consórcio;
  • Fundo de reserva: valor destinado a custear imprevistos no grupo do consórcio;
  • Seguro de vida: parte da parcela destinada a imprevistos que possam acontecer na vida pessoal do cotista.

Formação dos grupos

Seguindo a mesma lógica de outros consórcios, os grupos do consórcio Honda são formados com base no preço do bem consorciado.

Assim, se você aderir a este consórcio, se juntará a outros cotistas que querem o mesmo modelo de moto ou carro que você, pagando parcelas com valores parecidos. A ideia é oferecer condições de contemplação iguais a todos.

Além disso, o prazo para pagamento e outros detalhes, são definidos grupo a grupo, inclusive por meio das assembleias mensais.

Consórcio Honda: o que é necessário para participar?

Como dissemos acima, se você pretende participar do consórcio Honda, deve procurar uma concessionária ou ir até o site da empresa.

Nesses locais, você encontrará diversos modelos de planos e valores de cotas mensais.

Depois de cadastrado, os operadores do consórcio analisarão os seus dados a fim de encaixá-lo em um grupo juntamente com outros cotistas que têm os mesmos objetivos que você.

No cadastro você deve fornecer informações simples como dados pessoais e bancários, além da preferência por um modelo de moto ou carro específico.

Como funciona a contemplação do consórcio?

Se você já fez parte de um consórcio ou conhece alguém que fez, sabe que a contemplação é o momento mais esperado pelos cotistas. 

A contemplação do consórcio Honda também funciona da mesma forma que nos outros consórcios.

Todos os meses acontecem as assembleias e cada cotista sorteado tem direito a uma carta de crédito para retirar a sua moto ou carro.

Entretanto, para fazer a retirada de fato a pessoa precisa ir à concessionária mais próxima portando os documentos que usou no cadastro para confirmar a sua identidade.

O processo não é burocrático, mas pode demorar a depender do local.

Como dar o lance de um consórcio?

O famoso lance é um “macete” utilizado para acelerar a contemplação em assembleias de um consórcio.

No consórcio Honda, assim como em todos os outros, cada cotista tem direito a dar um lance, que pode ser fixo ou livre. Confira abaixo o que significa cada tipo de lance:

  • Lance fixo: tem o valor determinado pela administradora do consórcio;
  • Lance livre: pode ser de qualquer valor que o cotista quiser dar.

Além disso, o preço dos lances é baseado em um percentual do valor do bem consorciado e o participante que der o lance maior, leva a carta de crédito naquele mês.

Assim, a pessoa é contemplada e pode retirar o seu bem. O valor do lance é abatido no valor total da motocicleta ou carro escolhido pelo cotista, reduzindo o número das parcelas restantes ou o seu valor.

Contudo, é importante dizer que apenas cotistas que estiverem em dia com o pagamento das parcelas podem dar lances.

O que você recebe quando é contemplado?

Ao ser contemplado em um consórcio Honda, você receberá uma carta de crédito no valor da moto ou carro que você escolheu no cadastro, como já citamos antes.

Com essa carta de crédito, você pode comprar o bem à vista na concessionária, sem precisar aderir a qualquer pendência com bancos ou financeiras.

Por esse motivo as parcelas de consórcios são isentas de juros. Afinal, os cotistas estão pagando por um bem comprado à vista, de toda forma.

Leia mais:

Rendimento da poupança 2022

Como conseguir um cartão de crédito mesmo negativado?

Qual a liquidez do mercado de Fundos Imobiliários?

Comentários estão fechados.