Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Home Broker – como aprender a investir e ter uma boa rentabilidade?

Cada vez mais vemos investidores mais antenados começando a operar como Home Broker, tendo uma forma diferente de acessar a bolsa de valores. Hoje, os números já impressionam, sendo quase 3 milhões de brasileiros que operam usando esta plataforma.

Para muitos pode parecer algo difícil, mas não é. Por meio dele, o investidor pode negociar ativos, como ações, de qualquer lugar do mundo. Basta ter acesso à internet.

Graças ao avanço da tecnologia nos smartphones e tablets, a pessoa interessada terá acesso a essa oportunidade e verá que essa ferramenta é mais um recurso eficaz para realizar os seus investimentos.

Segundo Carollyne Mariano, sócia da Braúna Investimentos e especialista em investimentos: “O Home Broker é um sistema oferecido por diversas corretoras de valores, que conecta o usuário ao pregão eletrônico da B3. Atualmente, além do Home Broker, existem diversos aplicativos homologados por corretoras que também interligam o cliente ao pregão”.

Assim, dominar o Home Broker é o primeiro passo de todo Trader que quer ganhar dinheiro no mercado de ações. E, como se pode ver, operar na bolsa de valores se tornou algo acessível a qualquer investidor pessoa física.

Mas engana-se quem pensa que essa fórmula garante ganhos. “Como em qualquer investimento sério, não existe milagres. Mas, pelo fato do mercado acionário ser um mercado de risco, em geral, os ganhos devem (ou deveriam) ser maiores do que aplicações livres de risco. Diante do cenário, a volatilidade faz com que grandes oscilações ocorram, por exemplo, ações variarem 3-4% em apenas um dia”, explica a sócia da Braúna.

Para investir nessa área, é preciso que a pessoa tenha alguns cuidados em mente. “Em primeiro lugar, o investidor deve entender que o investimento em ações deve ser apenas um percentual do seu patrimônio que, de certa forma, não fará falta, caso você perca. Investir em ações é se tornar sócio de uma empresa, por isso, é necessário que o investidor saiba muito bem qual empresa irá comprar”, explica Carollyne.

O caminho mais seguro para quem pretende investir em ações passa sempre por alguns pontos fundamentais, como: escolher uma corretora; descobrir o seu perfil de investidor; definir qual valor do seu patrimônio será colocado em ações; e escolher quais as ações que irão compor seu portfólio (a depender do valor que o investidor irá destinar para compra de ações, os Fundos de Ações podem ser boas alternativas).

Porém, os riscos existem, como pode ser visto no início deste ano quando muitas pessoas perderam dinheiro nessa área. Infelizmente, até mesmo por oferecer mais ganhos, os riscos também são maiores do que em outros investimentos, sendo fundamental a atenção do investidor.

Os caminhos para reduzir os perigos e aumentar os ganhos dependem de 4 grandes estratégias:

• Defina seus objetivos financeiros;

• Diversifique a sua carteira;

• Tenha controle emocional;

• E, mantenha sempre recursos em liquidez para “pescar” oportunidades.

Feito isso, é estar atento ao mercado e buscar informações. Unindo essa plataforma ao investidor inteligente e atualizado, será possível ter ganhos maiores do que em qualquer outro investimento.

Deixe uma resposta