Conheça as 5 tecnologias queridinhas por shows - Revista Capital Econômico
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Conheça as 5 tecnologias queridinhas por shows

Aplicativo, totens touch screen e cashless estão entre as tendências de tecnologias para 2022 para melhorar a experiência do cliente

A junção de entretenimento e inovação está redefinindo o modo como as pessoas se divertem. Com a retomada dos eventos, as novas tecnologias chegaram para revolucionar a produção de shows e celebrações de grande porte, de maneira que tanto a organização, quanto o público ganham no quesito segurança, conforto e praticidade.

Portanto, empresários e produtores do setor precisam estar atentos ao que é o diferencial neste momento.

É possível, por exemplo, potencializar a venda de ingressos, otimizar o consumo de comidas e bebidas, bem como proporcionar um ambiente interativo, por exemplo, por meio do autoatendimento.

Para Samuel Ferreira, CEO da Meep, startup voltada para inovação na experiência de consumo, o mercado de shows está entrando em uma nova era.

“Trata-se de oferecer experiências inéditas e de qualidade. Após tanto tempo sem participar de grandes eventos, o público está voltando ainda mais exigente, uma vez que a pandemia de Covid-19 mudou a relação da sociedade com as plataformas digitais. É por isso que, principalmente os shows, precisam aderir às novas ferramentas e serviços tecnológicos”, afirma.

Neste sentido, Samuel elenca as 5 tecnologias que serão tendências para 2022. Confira:

1.Aplicativo de vendas on-line

Definir um ponto de venda para entradas antecipada ficou no passado. Hoje, o público tende a optar pela conveniência da compra on-line, sem contar que as pessoas que moram longe e trabalham no horário comercial ganham acesso ao ingresso, garantindo um rendimento para os organizadores que antes era incerto.

Este é um grande exemplo de como as tecnologias em shows auxiliam na logística do evento muito antes dele acontecer.

“A equipe organizadora consegue mensurar o impacto que a festa terá, o que ajuda a definir, por exemplo, o número necessário de seguranças e a quantidade certa de comida e bebida”, explica o CEO da Meep.

2.Totens interativos com telas touch screen

As pessoas desacostumaram com aglomeração e, mesmo que optem por ir em um show com alta expectativa de público, a ideia de filas longas incomoda.

Por isso, os totens para venda e pagamento de comidas e bebidas são uma ótima opção para acelerar o atendimento ao público.

3.Cartões ou pulseiras cashless

O cashless é um sistema de pagamento desenvolvido para agilizar e trazer mais segurança nas transações financeiras em shows e grandes eventos.

É muito simples! Basta o consumidor recarregar um cartão ou pulseira com antecedência pelo smartphone e, quando quiser consumir algo, basta aproximar o chip do leitor da máquina e rapidamente a operação financeira é finalizada.

Samuel garante que este modelo de pagamento é seguro tanto para o público, quanto para os organizadores.

“Todas as transações são criptografadas e armazenadas no sistema de gestão do evento. Dessa forma, é possível evitar fraudes e roubos. Sem contar que, o cliente pode consumir sem se preocupar com cartão de crédito, débito ou dinheiro”, comenta o empresário.

4.Terminais de caixas fixos e móveis com máquina de cartão integrado

Essa é mais uma solução para evitar aglomeração em filas e agilizar o atendimento. Graças a terminais de caixa fixo e móveis, é possível concluir a compra de fichas, por exemplo, em menos de 30 segundos.

O CEO da Meep, Samuel Ferreira, conta que essa iniciativa impulsiona as vendas em grandes shows.

“Com ela, os vendedores conseguem alcançar um número maior de pessoas, tornando o trânsito no evento mais prático já que é possível levar a maquininha de cartão até o cliente”, exemplifica.

5.QR Code

Uma das maiores facilidades que as pessoas adotaram durante os últimos tempos é a autonomia do consumo e atendimento pelo celular.

Por meio do QR Code, o público consegue escanear e acessar a lista de bebidas e alimentos e, logo, pagar o item escolhido. Ao final da compra um código de comprovação é gerado sem precisar baixar nenhum aplicativo.

“Sem contar, que esse tipo de facilidade contribui para conquistar a simpatia do público com a organização”, garante o CEO da Meep, Samuel Ferreira.

Sobre a Meep:

A Meep nasceu em 2015 para trazer inovação na experiência do consumo, tanto para as empresas, quanto para os clientes.

As soluções da Meep para as empresas envolvem autoatendimento, PDV, caixa móvel, cardápio digital e gestão.

Há também soluções personalizadas para vários tipos de negócios, como cidades, cantinas escolares, praças de alimentação, restaurantes self-service, estádios, clubes, parques e eventos em geral.

O aplicativo da Meep é uma espécie de assistente de lazer que traz, para o usuário, a possibilidade de escolher e acompanhar a programação do estabelecimento favorito.

Comentários estão fechados.