A tendência mobile first na compra de viagens rodoviárias

Startups do setor rodoviário adotam estratégia que prioriza a construção de sites responsivos em dispositivos móveis para proporcionar uma experiência de compra na palma da mão

Um levantamento do IBGE apurou que 80,4% das casas com acesso à internet usam o smartphone para navegar. O número superou até os computadores, que são utilizados em 76,6% dos domicílios e que costumavam ser os mais populares.

Como o smartphone passou a ser a principal ferramenta de acesso à web, inclusive no momento de fechar uma compra, os usuários estão exigindo que os sites sejam responsivos, ou seja, que se adaptem para telas de todos os tamanhos.

A ideia é que informações, produtos e serviços cheguem ao público interessado de maneira mais eficiente e assertiva.

Chamado ‘mobile first’, o conceito tem auxiliado empresas em suas táticas digitais, uma vez que ter um site que não funciona bem na tela do celular pode ser uma falha grave das marcas.

Isso porque o cliente provavelmente não vai abrir o computador para fazer essa mesma compra e vai migrar para a concorrência.

Setor rodoviário aposta nessa estratégia para alavancar vendas

Para proporcionar uma experiência cada vez mais completa e digital para os usuários, startups do setor de transporte rodoviário foram concebidas com a premissa do mobile first.

Ir até a rodoviária para comprar passagens tem deixado de ser uma realidade absoluta e, por isso, cada vez mais as empresas de ônibus tem proporcionado a comodidade de um atendimento na palma da mão.

No clube giro, programa de fidelidade que tem como marcas parceiras a Auto Viação 1001, Catarinense e Cometa, em outubro deste ano, 79,65% dos clientes compram pelo celular e os acessos mensais giram em torno de 76,74%.

Isso considerando apenas o site, pois o programa possui ainda um aplicativo gamificado que bateu a marca de 1 milhão de cadastrados e que cresce na proporção de 30% a cada mês. A plataforma possui um e-commerce destinado à venda de passagens de ônibus rodoviários.

“O programa foi lançado em agosto de 2020, um período de isolamento social em que as pessoas realizavam suas atividades majoritariamente por canais digitais, por isso foi essencial desenvolvê-lo com a premissa de um acesso responsivo via celular, com ações de engajamento próprias para este dispositivo”, comenta Márcia Martinez, head do clube giro.

Também segue o conceito mobile first o Outlet de Passagens de ônibus, site de ofertas que trabalha com o conceito de tarifa opaca, ao conciliar clientes com flexibilidade de horário para viajar com empresas rodoviárias que possuem assentos vagos nos ônibus, melhorando o aproveitamento das operadoras e oferecendo passagens a preços competitivos aos consumidores.

A startup possui mais de 150 mil clientes cadastrados e vendeu 200 mil bilhetes em dois anos de operação, sendo 85% das compras realizadas via dispositivos móveis.

“A tendência é que as vendas online sigam crescendo, movimento impulsionado pelo novo perfil de viajantes, que priorizam o atendimento online”, explica Daniel Limena, head do Outlet de Passagens.

Quem pensa em investir em estratégias digitais deve realizar qualquer planejamento a partir das menores telas, favorecendo, assim, a experiência do usuário em termos de performance e usabilidade da página, além do melhor acesso ao conteúdo.