Usado por Ambev e Nestlé, curso de Inovação Aberta é liberado gratuitamente - Revista Capital Econômico
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Usado por Ambev e Nestlé, curso de Inovação Aberta é liberado gratuitamente

Para fortalecer a cultura de conexão de companhias brasileiras com o ecossistema de startups, a AEVO, cujas soluções são usadas por empresas como Ambev, ArcelorMittal, BASF e Nestlé, liberou um curso gratuito para capacitar profissionais da área, líderes e gestores

Criadora do software de inovação adotado por mais de 100 médias e grandes empresas, entre elas Ambev, ArcelorMittal, BASF e Nestlé, a AEVO, empresa de tecnologia para a gestão da inovação, acaba de liberar o curso gratuito de “Introdução à Inovação Aberta”.

Disponibilizado no AEVO Boost, portal de educação corporativa da empresa, o curso é destinado a profissionais da área de Inovação ou Produto & Desenvolvimento, líderes que desejam fomentar a cultura de inovação aberta e gestores que queiram capacitar seus colaboradores no tema.

O objetivo é contribuir para o desenvolvimento de competências profissionais que fortaleçam a cultura de conexão das companhias brasileiras com o ecossistema de startups.

Dividido em mais de 30 aulas, com duração total de 4 horas, o curso é ministrado pelo Diretor de Inovação da AEVO, Flávio Marques, especialista em Inovação Estratégica pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e em Open Innovation pela Universidade de Berkeley, na Califórnia (UCB).

“Existem diversas estratégias dentro da inovação corporativa e a Inovação Aberta está entre as principais. A abordagem estruturada permite que as organizações acelerem os processos de inovação e conectem-se ao ecossistema com uma marca forte, de diferenciais competitivos claros”, explica Fávio.

“Vamos impulsionar essa estratégia nas empresas que ainda não sentiram esse impacto por falta de familiaridade do assunto ou capacitação dos profissionais envolvidos em seus esforços “, reforça.

Crescimento

O número de organizações que contam com programas formais de engajamento com startups cresceu 650% de 2015 para 2021, com o número de conexões saltando de 40 para 300.

Outro dado que aponta o aumento na aposta de empresas brasileiras na relação com startups para seus esforços de inovação é do ranking “Top 100 Open Corps”, que reconhece as corporações que mais praticam Inovação Aberta no país.

De acordo com o ranking, o total de corporações que tiveram contratos de open innovation com startups subiu de 1.968, em 2020, para 3.334, em 2021, uma evolução de 96%.

“Os dados comprovam que o mercado tem buscado investir em negócios inovadores que aceleram resultados para as empresas. E o ecossistema de inovação é, sem dúvidas, um dos ambientes mais dinâmicos e repletos de possibilidades para organizações que desejam alcançar um mercado mais colaborativo”, comenta Flávio Marques.

Com o curso, os profissionais serão capazes de ampliar as jornadas de Open Innovation dentro de suas empresas, conduzir estratégias de sucesso e definir indicadores de resultados. Além disso, vão conhecer cases práticos de empresas e programas de inovação aberta bem-sucedidos.

Os módulos do curso incluem:

  • O que é inovação aberta e a importância dela para as empresas;
  • Como ampliar o potencial inovador a partir de relações com o ecossistema;
  • Envolvimento das áreas de negócio com inovação aberta;
  • Lançamento de desafios de Inovação Aberta;
  • Lançamento de iniciativas que engajam o ecossistema (busca passiva);
  • Busca ativa por parceiros;
  • Execução da estratégia com transparência e foco nos resultados.

 

As soluções de tecnologia para inovação da AEVO são utilizadas por cerca de 376 mil colaboradores, de mais de 100 médias e grandes empresas, entre elas quatro das cinco principais corporações do país que realizam Inovação Aberta: Ambev, ArcelorMittal, BASF e Nestlé, de acordo com o ranking 100 Open Corps 2021.

Outras empresa que também utilizam as soluções da AEVO são as premiadas no Prêmio Nacional de Inovação, organizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com o Sebrae: EMBRAER (Premiada em inovação em Produto), BASF (Premiada em Inovação em Processo) e WEG (Premiada em Gestão da Inovação).

curso-inovacao
Da esquerda para direita: Luís Felipe Carvalho (CEO), Flávio Marques (Diretor de Inovação – CIO), Alex Magalhães Ribeiro Jr. (Diretor de Operações – COO), Marcelo Côgo (Diretor de Tecnologia – CTO), Alexandre Pagung (Diretor de Marketing e Vendas) e Andreia Galvani (Diretora de Finanças e Pessoas)

A AEVO

A AEVO é uma empresa brasileira de tecnologia para a gestão da inovação, criada com o objetivo de transformar culturas corporativas no Brasil e no mundo.

A AEVO oferece soluções, por meio da plataforma AEVO Innovate, que viabilizam a comunicação, gestão e implantação de ideias que promovem melhorias contínuas nas empresas parceiras.

Com o auxílio da ferramenta, é possível criar processos reais, mensurar resultados e permitir que colaboradores contribuam de forma estruturada, oferecendo ainda a conexão com uma base de 15 mil startups.

Já são mais de 140 clientes e cerca de 376 mil pessoas – colaboradores dessas empresas – impactados.

Em 2021, a empresa foi reconhecida como a principal startup brasileira na categoria de Recursos Humanos, pelo segundo ano consecutivo.

Comentários estão fechados.