Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Queda na Bolsa de Valores reflete tensões políticas e pandemia, diz economista

A Bolsa de Valores já começou em queda neste mês de maio, e no início da tarde desta segunda-feira (04), o Ibovespa estava operando em -3%, além de uma alta da moeda americana, no valor de R$ 5,59, e principalmente o aumento das tensões entre Estados Unidos e China, sobre a origem do novo coronavírus.

“O Ibovespa começou a semana em queda devido às tensões políticas e sociais da pandemia. A volatilidade do mercado ainda continua. Para quem deseja investir em ativos de risco, ainda não temos como estimar um cenário melhor para esse tipo de investimento”, destacou o economista da Messem Investimentos, Álvaro Villa.

Outras situações que podem agravar o mercado financeiro nacional, segundo Villa, são que a capital paulista deve atingir 100% de ocupação dos leitos esta semana, além da crise política envolvendo o presidente Jair Bolsonaro, com a demissão de, Sérgio Moro do Ministério da Justiça, e uma possível guerra comercial entre Estados Unidos e China.

A Messem Investimentos

Criada em 2007, em Caxias do Sul (RS), a empresa é, hoje, o maior escritório de investimentos do Brasil, com 15 mil clientes e mais de sete bilhões de reais sob sua administração. É o único premiado por três vezes, pela própria XP Investimentos, reiterando o título de melhor escritório de investimentos do país.

Detentora do selo Great Place to Work, a Messem conta com mais de 120 assessores, atendendo nas unidades Messem de Caxias do Sul, São Paulo, Porto Alegre e Brasília.

Deixe uma resposta