No caminho do Enoturismo: Com rótulos premiados, Vinícola Franco Italiano é destaque em sua produção de vinhos e atrai visitantes - Revista Capital Econômico
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

No caminho do Enoturismo: Com rótulos premiados, Vinícola Franco Italiano é destaque em sua produção de vinhos e atrai visitantes

Conhecer os parreirais e se deliciar com diferentes tipos de vinho pode ser uma ótima opção de tour em Curitiba

O enoturismo é uma opção de lazer que não pode faltar no roteiro daqueles que buscam por novas experiências, em especial, as gastronômicas.

E foi-se o tempo em que, para se conhecer a produção e explorar a degustação de bons vinhos, era preciso viajar até os famosos centros turísticos internacionais que são produtores de vinhos, como Argentina, Chile, Itália ou, os destinos nacionais, como Rio Grande do Sul.

A região Metropolitana de Curitiba e o estado do Paraná, como um todo, já representam um importante polo vitivinícola nacional, atraindo turistas e visitantes de várias localidades para uma experiência única.

Reunindo diversas famílias, de várias regiões, para colher e processar o fruto das parreiras nessa época originando os principais derivados da uva: vinhos e sucos, é em Curitiba que está localizada a Vinícola Franco Italiano – formada por uma família francesa e uma italiana.

eno-turismo-vinicola-franco-italiana-Kelly-Couto-visita
Kelly Couto, editora-chefe Revista Capital Econômico, visitando a vinícola | Foto: Divulgação

A origem

Tudo começou em 1878 quando os imigrantes chegaram na região de Colombo em busca de uma vida melhor.

Logo, no ano de 1973, o casamento de Ivonne Ceccon e Dirceu Rausis, uniu a Família Ceccon, da Itália, com a Família Rausis, da França – ambas com tradição do cultivo da parreira e da produção de vinho em suas casas.

E foi através desse matrimônio que nasceu a Vinícola Franco Italiano, tornando o sonho de continuar a tradição de ambas famílias em um negócio no Brasil.

eno-turismo-vinicola-franco-italiana-6
Foto: Divulgação

Em seguida, os filhos do casal buscaram diversificar a linha de vinhos produzidos pela família e foram aprender na França sobre a elaboração de espumantes pelo método champenoise, e também, outros estilos de vinhos finos.

Dessa forma, a Franco Italiano se tornou a pioneira na Região Metropolitana de Curitiba na fabricação de espumantes.

eno-turismo-vinicola-franco-italiana-5
Loja Vinícola Franco Italiana

Atualmente a vinícola é reconhecida nacional e internacionalmente pela qualidade de seus vinhos e espumantes, conquistando vários prêmios.

Premiado 14 vezes, sendo duas consecutivas, 2019 e 202O, primeiro prêmio veio com o Censurato Cabernet Sauvignon, em 2008, no Concurso Internacional de Vinhos do Brasil.

eno-turismo-vinicola-franco-italiana-12
Premiado Censurato | Foto: Divulgação

Em seguida, foi com o mesmo vinho, que a Franco Italiano conquistou o seu primeiro prêmio no exterior, no Concurso Internacional de Bruxelas, em 2009.

Depois dessas duas premiações, a Vinícola recebeu inúmeras outras, com diversos vinhos, dentre eles o Sincronia Merlot, Shiraz, espumante Moscatel, Josephine Pinot Noir, bem como vinhos da linha Paradigma Rotto, Wine Club, dentre outros.

Outrossim, em 2019, o Censurato Cabernet Sauvignon foi eleito o melhor Cabernet Sauvignon do país em sua safra 2011.

Sobre a produção na Vinícola Franco Italiano

Desde o plantio até a colheita, as uvas são acompanhadas por técnicos especializados no terroir — termo francês que abrange todos os fatores na produção do vinho — usando metodologias modernas.

Por causa do alto padrão de qualidade e todo o conhecimento investido, a empresa produz grandes vinhos com diferentes estilos.

A colheita é realizada em diferentes épocas do ano, de acordo com o tipo de uva e seu estágio de maturação. Depois de alguns processos, os frutos são levados para fermentar em tanques de inox.

eno-turismo-vinicola-franco-italiana-4
Tanques de inox onde ocorrem o processo de fermentação das uvas

Posteriormente, as uvas vão para os barris de carvalho, onde passam por um longo período de tempo, ganhando sabores e aromas.

“Historicamente, as barricas de madeira foram usadas por séculos como um método de conservação, pois não existiam garrafas de vidro. Hoje os produtores utilizam esses barris para modificar os sabores do vinho, diminuir o tempo do processo de oxigenação e transformar o ácido málico em lático, trazendo uma textura mais cremosa para a bebida”, explica o sommelier, João.

barricas-de-carvalho-vinicola-franco-italiana-2 (1)
Barricas de Carvalho | Foto: Arquivo Vinícola Franco Italiana

O Censurato Cabernet Sauvignon, por exemplo, além das uvas de qualidade, passa por um longo período de maceração a frio e fica por no mínimo 12 meses nas barricas de carvalho de primeiro uso; isso traz uma riqueza de aromas para a bebida – amoras, ameixas maduras, notas de carvalho, baunilha, tostadas delicadas e taninos macios.

As barricas de carvalho francês e americano ficam armazenadas na cave da Vinícola Franco Italiano. Ao lado também são armazenadas garrafas com os vinhos que já saíram do barril, mas ainda não estão prontos para o consumidor e precisam maturar mais. É nesse processo que é dada a estabilidade térmica para manter o melhor tipo de envelhecimento de acordo com cada produto.

eno-turismo-vinicola-franco-italiana-3

Assim sendo, cada vinho amadurece nas caves subterrâneas de acordo com o período estipulado pelos enólogos, variando de três meses até três anos.

“Em média, a produção de um vinhedo leva, aproximadamente, três anos desde o plantio ao nascimentos das uvas. Primeiro nascem as folhas, depois elas florescem e só então, surge a uva. Durante este período, e com todo conhecimento necessário, acompanhamos e avaliamos se as uvas estão se adaptando bem ao terroir, ficamos de olho no clima e nas características do solo, se a altitude do terreno é boa, enfim, acompanhamos   um conjunto de fatores e monitoramos todo o processo de  manutenção das vinhas para trazer um vinho de qualidade para os nossos apreciadores”, conta o patriarca, seu Dirceu.

Como diferencial na fabricação de espumantes, a Vinícola usa a metodologia centenária.

Nesse método, é preciso passar por uma segunda fermentação, na própria garrafa, provocando o envelhecimento das leveduras com autólise, o que dá ao vinho uma complexidade particular diferenciando de outros métodos de produção favorecendo a bebida.

A Loja

Além do enoturismo na região, a Franco Italiano oferece uma loja de atendimento ao consumidor final em anexo à vinícola, onde é possível ter acesso a todos os produtos e, ainda, solicitar uma degustação de todos os rótulos, praticamente sem custo.

eno-turismo-vinicola-franco-italiana-9
Foto interior da loja

O vinho do Paraná está se tornando um grande referencial nacional, destacando-se com importantes prêmios nos vinhos produzidos em Colombo, aprimorando cada vez mais essa tradição antiga.

Você também pode vivenciar essa experiência espetacular do enoturismo conhecendo a tradicional Vinícola Franco Italiano no sul do país.

O local conta com um amplo local para passeio em família e você ainda pode saborear vinhos sensacionais.

SERVIÇOS

Os vinhos são vendidos exclusivamente na loja de fábrica, na Rua Rodolfo Camargo, 26, Roça Grande, Colombo – PR, ou através do WhatsApp (41) 99527-0077 e pelo e-mail: vendas1@francoitaliano.com.br.

eno-turismo-vinicola-franco-italiana-11

O horário de funcionamento é de segunda a sexta das 9h às 12h e 13h30 às 18h, e sábado das 9h às 17h.

Também é possível entrar em contato pelo telefone (41) 3621-1211 ou pelo e-mail: comercial@francoitaliano.com.br.

Para receber notícias e ficar por dentro de tudo, visite o francoitaliano.com.br e siga o perfil da loja no Instagram: @vinicolafrancoitaliano

eno-turismo-vinicola-franco-italiana-10

Comentários estão fechados.