Marketing Digital para pequenas empresas: dicas valiosas
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Marketing Digital para pequenas empresas: dicas valiosas

Investir em marketing digital para pequenas empresas pode ser uma boa forma de dar aquele "start" em negócios que estão começando.

Como tudo na vida, o início das empresas, quando elas ainda são pequenas, tende a ser um tanto quanto complicado.

Porém, o bom e velho marketing é um amigo fiel que pode ajudar os empreendedores a conseguirem os seus primeiros clientes.

Nesse sentido, o marketing digital, que reúne técnicas para divulgação na internet, tem sido o método preferido dentre todos.

Afinal, o marketing digital para pequenas empresas utiliza a internet, que é uma das maiores fontes de renda da face da terra.

Quais as vantagens do marketing digital para as pequenas empresas?

Muitas pessoas se perguntam sobre as principais vantagens do marketing digital para pequenas empresas.

Isso porque para pôr essas técnicas em prática, o empresário precisa investir parte do seu dinheiro logo no início.

Porém, olhando de uma forma realista, se pode afirmar que o marketing digital para pequenas empresas tende a ser bastante vantajoso. Veja porquê:

  • Aumento da audiência: o marketing digital para pequenas empresas inclui a criação de uma audiência que irá consumir os conteúdos do empreendimento. Isso aumenta o “boca a boca” da internet, fazendo a empresa crescer organicamente.
  • Custo-benefício: é possível dizer que o marketing voltado para empresas que estão iniciando tem um melhor custo-benefício. Isso é ótimo para os donos dessas empresas, que já não têm tanto dinheiro para investir em propaganda.
  • Maior controle sobre a segmentação: com a aplicação de técnicas de marketing digital o empresário vai “direto ao ponto”, atingindo o tipo de consumidor que o seu negócio pode atender. Isso economiza tempo e dinheiro.
  • Possibilidade de acompanhar resultados: as ferramentas utilizadas no marketing digital dão a possibilidade de o utilizador observar os números do seu negócio. Assim, o usuário pode ver no que precisa melhorar e/ou investir mais.
  • Uso de ferramentas gratuitas: um dos fatores que geram o custo benefício no marketing digital para pequenas empresas é a possibilidade de usar ferramentas gratuitas nesse processo, como as redes sociais, o Google e as plataformas de e-mail, por exemplo.

Vale a pena investir em marketing digital para pequenas empresas? 

Sim, vale muito a pena investir em marketing digital para pequenas empresas.

Como dissemos antes, a internet é uma das maiores fontes de renda do mundo hoje em dia.

Inclusive, especialistas apontam que nos próximos anos a empresa que quiser sobreviver precisa estar na internet.

De toda forma, investir em propaganda nas redes é bem mais barato que no marketing tradicional, além de oferecer um alcance bem maior, também.

3 técnicas de marketing que você pode aplicar 

Por fim, trouxemos 3 técnicas que são muito usadas no marketing digital e que podem ser uma “mão na roda” para pequenos negócios.

Marketing de conteúdo

Apostar no marketing de conteúdo deve ser um pilar central em estratégias de marketing digital para pequenas empresas.

O marketing de conteúdo nada mais é que chamar a atenção dos internautas por meio de conteúdos, sobretudo os escritos.

Esses conteúdos devem ser postados em blogs e sites da empresa, incluindo sempre técnicas de SEO para um melhor ranqueamento no Google.

Assim, os internautas irão achar as páginas da empresa de forma mais fácil, consumir o seu conteúdo e serem direcionados à compra de produtos ou serviços de forma orgânica (natural).

Redes sociais (social media)

As redes sociais também ocupam um importante papel dentro do marketing digital hoje em dia.

Afinal, é nas redes sociais que as pessoas estão, e nada melhor que investir em técnicas que possam atrai-las.

Com isso, o marketing digital para pequenas empresas pode ser focado em Social Media, que é uma vertente especializada na criação de conteúdo otimizado para redes sociais.

Isso inclui postagens com legendas chamativas, vídeos curtos, utilização dos Storys, que é uma ferramenta comum hoje em dia, e muito mais.

Além disso, as técnicas de Social Media levam em consideração o comportamento dos algoritmos das principais redes sociais, como Instagram, Facebook, Linkedin, Pinterest e WhatsApp Business, por exemplo.

São esses robôs que definem que tipo de conteúdo irá viralizar ou não nas plataformas. Então, é muito importante saber o que eles “pensam”.

Tráfego pago

Sabe aqueles anúncios que você vê quando está navegando entre as postagens dos seus amigos no Instagram? Pois é, eles são impulsionados por empresas.

A essa impulsão dá-se o nome de tráfego pago, que nada mais é que o oposto do marketing de conteúdo.

Enquanto no mkt de conteúdo os profissionais apostam no SEO para que o número de leitores de um texto, por exemplo, aumente de forma gratuita, no tráfego pago as pessoas pagam para que o seu produto seja anunciado.

Para isso, são utilizadas ferramentas como Google Ads e Facebook Ads, que gerenciam os anúncios nas principais plataformas.

Estratégias de marketing digital para pequenas empresas são o que não faltam. Cabe a você, pequeno empresário, definir as melhores para o seu negócio.

Leia mais:

Empreender em casa: 15 ideias de negócios

13 passos para montar um pequeno negócio

Qual a melhor conta digital PJ? Veja as principais!

Comentários estão fechados.