Healthtech Nexodata abre 50 vagas em home office - Revista Capital Econômico
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Healthtech Nexodata abre 50 vagas em home office

Posições são para áreas como tecnologia, produto, marketing, comercial e pessoas Startup aderiu ao conceito Anywhere Office, colocando mais de 100 profissionais em trabalho remoto e mantendo um escritório com espaços para reuniões e convívio

A Nexodata, healthtech de receita digital, anuncia a abertura de mais de 50 vagas em trabalho remoto para os setores de tecnologia, produto, marketing, comercial e pessoas.

Candidatos de qualquer parte do Brasil podem se aplicar às vagas diretamente pela página de Carreira da empresa. Deste total, mais de 20 são posições de tecnologia.

Entre as vagas disponíveis estão Tech Recruiter, Tech Lead, PMO (Project Management Office), Sales Operation, Executive Sales Manager, Head of Product, Designer UX/UI, Back a Frontend Developer, Analista de Marketing, Especialista de Dados e Segurança da Informação, entre outras.

Além da remuneração e benefícios mais tradicionais como assistência médica e vale refeição, a empresa também oferece um programa de desenvolvimento e remuneração variável, plataforma de bem-estar físico e mental, cartão de benefícios flexíveis, aula de inglês, horário flexível e um ambiente colaborativo e aberto à autonomia e ao protagonismo.

Ao mesmo tempo em que a aceleração da digitalização da saúde — vivida nos últimos anos por força da pandemia — fez os negócios e o time da Nexodata crescerem, este movimento também impulsionou a healthtech à necessidade de aderir ao conceito de Anywhere Office para toda a sua equipe, hoje composta de mais de 100 empreendedores.

Para driblar a falta do convívio diário entre as equipes, a healthtech tem adotado estratégias para criar e incentivar processos de conectividade, por meio de grupos de identificação e convívio, por exemplo.

Com isso, o escritório na Vila Olímpia, zona sul de São Paulo, teve seu formato transformado: mantiveram-se algumas estações de trabalho, mas, ampliaram-se espaços para reuniões em grupo, convívio entre os times e networking.

“Pensando na segurança da equipe, optamos, desde o início, por aderir totalmente ao home office. Mas sabemos que este formato poderia trazer algumas limitações para a cultura da Nexodata. Por isso, adotamos uma série de estratégias e ações para mitigar esses efeitos, principalmente, a falta de contato presencial diário, tornando o trabalho em home office mais agradável e produtivo, mas sem perder nossa cultura, favorecendo a troca entre as equipes e incentivando a evolução profissional e pessoal de todos”, explica André Assis, Chief People Officer da Nexodata.

“Nossa ideia é deixar cada um de nossos membros da equipe livres para decidir de onde trabalhar e quando ir ao escritório”, complementa Assis.

Neste sentido, a estratégia de Pessoas da Nexodata está ancorada no fomento da troca de experiências e convívio entre as equipes tanto no modelo offline quanto no online.

Além do escritório como um espaço opcional, a healthtech está estruturando um fluxo de convívios para o ambiente online, por meio de assuntos que as equipes querem discutir, permeando desde pautas afirmativas de diversidade e inclusão, guildas de jogos on-line, grupos de treinamento ou apenas momentos de bate-papo com o time.

“Essa postura e ações são resultado de como nossa liderança tem construído nossa cultura e nosso ambiente, remetendo diretamente a valores que para nós são inegociáveis, como parceria, desenvolvimento e bem-estar mental”, explica Assis.

A empresa conta, ainda, com um programa instituído de reconhecimento de talentos. Chamada de “Entrega de Camisetas”, a dinâmica reconhece, conforme o desenvolvimento e impacto da atuação individual e de equipe dos empreendedores, independente de idade, senioridade ou cargo.

Todos eles estão aptos a receber três camisetas: branca, azul marinho e preta – esta última destinada aos membros da equipe que são convidados a se tornarem sócios.

“Estamos construindo um time com apetite para ajudar a construir o futuro da saúde brasileira. Como acreditamos que nossa equipe e nossa estratégia são nossos bens mais valiosos, olhamos com muito cuidado para nossa cultura, principalmente agora em que cada um pode trabalhar de onde quiser. Por isso, contratamos profissionais com espírito empreendedor e real potencial para se tornarem sócios da companhia”, complementa Pedro Dias, cofundador da Nexodata.

Fundada em 2017 por Pedro Dias e Lucas Lacerda, cofundadores da Vitta, outra healthtech, adquirida, em 2020, pela StoneCo, a Nexodata captou, ano passado, R$ 35 mi dos fundos do Mercado Livre, Hospital Albert Einstein e do family office do Benchimol, além da Floating Point e FIR Capital.

A empresa funciona como um integrador entre médicos e farmácias, atuando em mais de 3 mil municípios brasileiros, por meio de uma rede de 25 mil farmácias.

Na prática, os médicos podem gerar uma receita digital através da integração com a Nexodata, de onde estiverem.

Uma vez emitida a prescrição, o paciente recebe a receita de forma 100% digital por meio de um link enviado por SMS ou e-mail, pelo qual já consegue pesquisar informações e disponibilidade dos medicamentos receitados nas farmácias conectadas.

Comentários estão fechados.