Dropshipping: descubra como esta modalidade pode auxiliar o seu negócio
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Dropshipping: como funciona essa modalidade de vendas online?

Conheça o dropshipping e descubra como ele pode ser um aliado de seus negócios para garantir maior lucratividade e liberdade

Dropshipping: como funciona essa modalidade de vendas online?

O dropshipping é um tipo de operação que auxilia o lojista na hora de fazer suas vendas. Esta operação facilita o processo de compra e envio, podendo ser tanto nacional quanto internacional.

O que é dropshipping e como funciona

No dropshipping, o lojista recebe o pedido em sua loja virtual e repassa a ordem de compra ao fornecedor. O fornecedor será o único responsável por providenciar o produto e fazer o envio ao comprador.

Sendo assim, o lojista trabalha sem estoque, apenas como um intermediário no processo de compra. Ou seja, todas as etapas relacionadas à entrega, desde a embalagem até a chegada do produto, são deveres do fornecedor.

De maneira geral, este é o esquema do dropshipping:

 

  1. O cliente pede online em uma loja virtual, escolhe os produtos a partir do catálogo de itens do fornecedor que foram escolhidos por você.
  2. O lojista envia os pedidos e as ordens de compra do consumidor para o fornecedor, que é o responsável por faturar as encomendas.
  3. O fornecedor então realiza as entregas diretamente aos clientes que pediram pelo e-commerce.

 

Em resumo, o único trabalho do vendedor é escolher os itens e disponibilizar o catálogo do fornecedor.

Vantagens do dropshipping

Existem várias vantagens em optar pelo dropshipping, conheça as principais a seguir:

 

  • Redução de custos;
  • Variedade de artigos;
  • Flexibilidade de trabalho remoto;
  • Possibilidade de atender clientes dos mais diversos lugares;
  • Foco em marketing;
  • Suporte, trocas e devoluções.

 

Ou seja, quando você escolhe terceirizar a logística com o dropshipping, além de poder trabalhar de qualquer lugar, ainda pode investir mais tempo em estratégias. Sem dúvida essas vantagens são ótimas para que um negócio seja bem sucedido em pouco tempo.

Além do mais, toda a parte de suporte, trocas e devoluções devem ser realizadas diretamente pelo fornecedor.

Desvantagens

Porém, como em todos os tipos de negócio, o dropshipping também apresenta algumas desvantagens. Vale a pena considerá-las antes de escolher esse método para o seu negócio.

 

  • Se o fornecedor for internacional, barreiras alfandegárias;
  • Competitividade acirrada;
  • Margem de lucro menor;
  • Demora na entrega;
  • Controle de estoque do fornecedor.

 

De fato, a comunicação com o fornecedor é fundamental para que o negócio funcione. Se isso não for possível, a sua loja virtual pode acabar vendendo um produto que não existe mais, por exemplo.

Então, lembre-se sempre de manter a comunicação direta e aberta com o fornecedor e você evitará boa parte das desvantagens do dropshipping.

Como começar a fazer o dropshipping?

Já que o dropshipping não é algo tão difícil, o ideal é entender alguns pontos para começar a lucrar em sua empresa. 

 

  1. Comece definindo um nicho de mercado, dessa forma você conseguirá mais poder de conhecimento sobre seu público-alvo.
  2. Prospecte bons fornecedores, assim você terá confiança e a certeza de cumprir com direitos e deveres.
  3. Teste os produtos que escolheu vender, pois se você não puder garantir a qualidade de seus produtos, quem é que pode?
  4. Analise a concorrência para entender como o dropshipping pode auxiliar o seu nicho de mercado.
  5. Escolha uma plataforma ou canal de venda de acordo com o que for mais atraente para a sua audiência.
  6. Opte por um bom meio de pagamento, é importante checar um que seja compatível com o dropshipping.
  7. Crie um fluxo de pedidos para que o envio das ordens ao fornecedor seja mais simples e preciso. Assim, você evita que os pacotes de um mesmo comprador sejam enviados separadamente, por exemplo.
  8. Deixe a política de cancelamento bem clara, o dropshipping exige clareza para que o consumidor entenda prazos e condições.
  9. Divulgue o seu negócio de dropshipping usando estratégias planejadas para o seu público.
  10. Receba o código de rastreamento e repasse ao cliente para que ele tenha a liberdade de acompanhar seu próprio. pedido

Leia também:

E-commerce internacional e a concorrência desleal

Após vender de porta em porta, empresária aposta no e-commerce e já soma mais de 780 mil vendas

Comentários estão fechados.