Como investir no setor de mineração - Revista Capital Econômico
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Como investir no setor de mineração

Investir no setor de mineração no Brasil é bastante arriscado, porém, pode ser um ramo altamente lucrativo. Por isso, existem várias pessoas físicas que possuem bastante dinheiro guardado e acabam abrindo uma empresa para investir em mineração, criando pequenas mineradoras.

Contudo, muitos têm receio de seguir esse caminho, principalmente com medo de serem enganados por não possuírem conhecimento técnico e acabarem perdendo dinheiro. Comprar ou tentar explorar uma determinada terra que, às vezes, não tem a mínima chance de ter o minério pesquisado pode ser assustador.

Quais os princípios para investir em mineração?

De fato, investir no setor de mineração diretamente possui elevados custos e um alto risco. Entretanto, quando aquela determinada área de pesquisa possui minério e tem viabilidade para extração, ela pode compensar o investimento feito em outras áreas que acabaram não dando nenhum resultado positivo.

Dessa forma, todos que querem se expor nesse mercado devem entender que de maneira geral ele possui essas características. Além disso, a depender do mineral extraído e da forma de ocorrência do mesmo na área de pesquisa, diferentes equipamentos são necessários para fazer isso.

Por isso, tanto a logística, quanto os custos diretos e indiretos e uma série de outros fatores vão variar a partir disso. Portanto, o ideal é que o investidor foque em minérios específicos e obtenha o máximo de conhecimento dos mesmos para investir em mineração.

3 maneiras de se investir no setor de mineração

Existem diversas maneiras de investir na mineração, a seguir você verá 3 formas diferentes:

  • Bolsa de Valores

O investimento em mineradoras através da bolsa de valores é uma forma indireta de se expor ao mercado da mineração. Além dele, você pode comprar minérios cujo os preços são definidos também a partir do mercado de capitais.

Contudo, vale lembrar que se você fizer o investimento através de uma mineradora, você vai estar exposto ao mercado de mineração. Ou seja, vai depender muito dos resultados específicos daquelas determinadas minas ou das áreas que a empresa possui.

  • Compra e venda de áreas minerais

Uma das maneiras de expor diretamente é a compra e venda de áreas minerais, em que você pode adquirir o requerimento mineral de determinada área. Dessa forma, você inicia os trabalhos de pesquisa mineral e, caso eles apresentem indício de algum minério, você tenta vender essa área, cedendo os direitos dela para outro titular.

Além disso, se o investidor quiser extrair os minérios daquela área, mas não quiser correr esse risco sozinho, ele pode convidar outros investidores para participar desse investimento. Caso ele tenha sucesso, pode realizar uma divisão de lucros caso e conseguir definir uma jazida mineral naquela área. 

  • Pesquisa e extração mineral

A terceira forma, é a mais direta de fazer isso: quando o investidor faz o requerimento de uma determinada área, a pesquisa mineral e a extração mineral das mesmas sem ajuda.

Neste caso, no começo da prospecção mineral, os custos são baixos, porém o risco de encontrar um minério é muito alto. À medida que o risco vai diminuindo os custos vão aumentando. 

Em suma, se você chegar à última etapa, você terá que gastar com equipamentos, logística e infraestrutura para realizar a extração e o beneficiamento daquele determinado minério.

Identificando oportunidades no setor mineral

Para identificar oportunidades no setor mineral, o ideal é que você contrate uma consultoria mineral. Ela ajudará desde os processos administrativos obrigatórios perante a ANM até a fase de pesquisa e extração mineral.

Afinal, quem trabalha neste ramo, costuma conhecer pessoas que podem se juntar e realizar uma joint venture para a exploração de uma determinada área. Assim como pode conhecer investidores interessados em comprar aquela área que você possui e quer vender.

Em todo mercado que o investidor não conhece muito bem, ter uma consultoria técnica especializada é fundamental. Sendo assim, será fácil saber o que fazer em cada momento da pesquisa e também da exploração mineral.

Por isso, contar com geólogos que já atuam neste ramo e são experientes nesses processos é essencial para que os seus investimentos produzam lucro futuramente.

Contudo, mesmo com ajuda profissional, você pode acabar gastando muito dinheiro requerendo e iniciando a pesquisa de áreas que podem não ser lucrativas. Afinal, encontrar uma jazida cuja exploração mineral seja viável economicamente não é uma tarefa fácil.

Leia também:

Siemens realiza webinars para o setor de Mineração

KPMG destaca tendências e desafios em mineração frente ao cenário de pandemia

Lideranças empresariais se reúnem em São Paulo para discutir o futuro da mineração e siderurgia no Brasil

Comentários estão fechados.