Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

BNDES aprova R$ 12 bilhões em suspensão de pagamentos

Montante ficará disponível no caixa das empresas para ajudá-las a superarem a crise

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) alcançou R$ 12 bilhões em aprovações de suspensões temporárias de pagamentos de parcelas de empréstimos contratados com o Banco.

A medida, conhecida no mercado como standstill, está sendo concedida pelo prazo de até seis meses a mais de 28.500 empresas, em cerca de 77.700 contratos de financiamento, nas modalidades direta e indireta.

Estima-se que os clientes beneficiados com a medida empreguem mais de 2,5 milhões de pessoas.

Nas operações diretas e indiretas não automáticas, para as quais o BNDES encerrou o protocolo de pedidos de standstill em 30 de junho, o setor mais beneficiado com a suspensão de pagamentos foi o de infraestrutura, com R$ 6,9 bilhões, seguido pela indústria, com R$ 1,2 bilhões.

A Região Sudeste recebeu 39,9% do benefício a empresas que contrataram diretamente com o Banco, enquanto o Norte foi o mais beneficiado nos contratos indiretos não automáticos, com 61,3% dos valores de standstill aprovados para esta modalidade nessa região.

O BNDES ainda está recebendo solicitações de suspensão de pagamentos na modalidade indireta automática. As solicitações devem ser encaminhadas ao agente financeiro que concedeu o financiamento.

Combate à crise

Mais de R$ 22 bilhões já foram liberados pelo BNDES em ações emergenciais de combate aos efeitos da pandemia.

Entre os resultados de destaque das medidas adotadas estão os R$ 5,6 bilhões aprovados para empréstimos a mais de 16 mil MPMEs na linha de capital de giro e os R$ 4,6 bilhões aprovados para crédito a folhas de pagamento, pelos quais estima-se que quase 2 milhões de empregados tenham sido beneficiados.

Diariamente, estão disponíveis informações atualizadas sobre os resultados alcançados pelo programa, bem como das outras medidas emergenciais adotadas pelo BNDES, no link:

Conheça também todas as ações emergenciais do BNDES para combate aos efeitos da crise decorrente do novo coronavírus que já foram anunciadas no link: https://www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home/bndes-contra-coronavirus

Sobre o BNDES

Fundado em 1952 e atualmente vinculado ao Ministério da Economia, o BNDES é o principal instrumento do Governo Federal para promover investimentos de longo prazo na economia brasileira.

Suas ações têm foco no impacto socioambiental e econômico no Brasil. O Banco oferece condições especiais para micro, pequenas e médias empresas, além de linhas de investimentos sociais, direcionadas para educação e saúde, agricultura familiar, saneamento básico e transporte urbano.

Em situações de crise, o Banco atua de forma anticíclica e auxilia na formulação das soluções para a retomada do crescimento da economia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.