Pedidos de empréstimos por pequenas empresas crescem 16% no país - Revista Capital Econômico
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Pedidos de empréstimos por pequenas empresas crescem 16% no país

Região Sul do país lidera o ranking de solicitações de empréstimos para empresas, segundo levantamento da BizCapital

O ano ainda está só no começo, mas a quantidade de empresas que estão procurando empréstimos já cresceu em 2021.

É o que revela um levantamento realizado pela BizCapital, fintech de soluções financeiras para micro e pequenas empresas. De acordo com a pesquisa, o número de solicitações de empréstimos no país aumentou 16,1% em janeiro de 2021 quando comparado com o período imediatamente anterior.

O Sul do país lidera o ranking, representando 30,4% do total de pedidos realizados.

Segundo a empresa, os três setores que mais cresceram durante o período foram: serviços de pintura (aumento de 35,5%), fabricação de produtos de padaria e confeitaria (32,5%), e cabeleireiros, manicure e pedicure (31,2%).

O levantamento revela, ainda, que o principal motivo para as PMEs realizarem empréstimos é o capital de giro.

“O capital de giro garante a saúde financeira das empresas, contribuindo com seu crescimento de maneira sustentável. Apesar de muitos setores terem sido altamente impactados pela Covid-19, muitas organizações estão apostando suas fichas na recuperação do negócio no primeiro semestre deste ano. O início da vacinação, juntamente com o retorno gradual do comércio, acaba refletindo neste aumento”, explica Francisco Ferreira, CEO da BizCapital.

Crescimento foi observado em todas as regiões do Brasil

Em relação às regiões do país, o sul lidera o percentual de solicitações de empréstimos, com 30,4%, seguido do sudeste (17,8%), norte (11,9%), nordeste (9,2%) e, por último, com 0,9%, o centro-oeste.

Já com referência aos estados, o Amazonas, Piauí e Santa Catarina registraram o maior índice de aumento nas solicitações de empréstimos no último mês, chegando a 56,1%, 45,5% e 40,9% respectivamente.

“A expectativa é que esse aumento nos pedidos de empréstimo continue como uma forte tendência para os próximos meses. Após passarmos pelo olho do furação trazido pela pandemia no ano passado, 2021 começa a trazer um alívio para o pequeno e médio empreendedor, que procura crédito no mercado para conseguir os recursos necessários para voltar a crescer”, finaliza Ferreira.

Sobre a BizCapital

Fundada em 2016, a fintech se destaca por oferecer soluções financeiras para pequenas e médias empresas. A ideia da empresa surgiu para atender os empreendedores de diversos segmentos que precisavam de empréstimos para capital de giro, compra de estoques ou equipamentos.

A velocidade na entrega do dinheiro é o grande diferencial da startup carioca, que realiza o depósito na conta em até um dia e sem burocracias.

Deixe uma resposta