Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Mitsubishi Electric celebra centenário com retrospectiva histórica

Empresa nasceu em 1921, no Japão e, desde então, é considerada uma das mais inovadoras mundialmente na fabricação de equipamentos elétricos e eletrônicos

A Mitsubishi Electric Corporation, um dos principais grupos de empresas japonesas do mundo, completou 100 anos no último dia 1º de fevereiro. Para comemorar o marco, a companhia traça uma retrospectiva histórica dos principais momentos que representaram a evolução e confiança conquistada na fabricação de equipamentos elétricos e eletrônicos para as áreas industrial, residencial, comercial e espacial.

Em 1920, a companhia nasceu da então Mitsubishi Shipbuilding Company, que produzia motores elétricos para embarcações marítimas. A empresa decidiu subdividir sua fábrica, em Kobe, no Japão, para criar a Mitsubishi Electric que, mais tarde, se tornaria líder em maquinário elétrico e aparelhos domésticos.

A Mitsubishi Electric é parte do Grupo Mitsubishi, um conglomerado com mais de 600 empresas independentes, entre elas a Mitsubishi Motors, Nikon Corporation, Tokyo Marine, Mitsubishi Heavy Industries, entre outras. Somente a Mitsubishi Electric conta com mais de 200 subsidiárias em 39 países de todos os continentes, empregando mais de 146 mil colaboradores.

Primeiros aparelhos domésticos

Em 1921, a empresa, já estabelecida, lançou seu primeiro ventilador elétrico, resistente e projetado para as amplas condições climáticas do Japão, o que, rapidamente, se tornou um sucesso em todo o país. Em dois anos, foram fabricadas cerca de 10.000 unidades.

Mais tarde, em 1924, a Mitsubishi lançou o primeiro gerador hidráulico de eixo vertical, para indústrias. Na mesma década, quatro anos depois, entregou a primeira subestação ferroviária de produção nacional, para a ferrovia Odawara Kyuko.

As décadas de 40 a 50 também trouxeram grandes inovações, como a produção de rádios e alto-falante. Em 1953, a Mitsubishi Electric lançou sua primeira televisão a cores, cujos sistemas visuais e de áudio tornaram-se referência no mundo todo.

Soluções inovadoras

Já na década de 80, a Mitsubishi Electric inaugurou, no Estádio Dodger, nos Estados Unidos, o primeiro telão Diamond Vision que, posteriormente, passou a ser fornecido para diversos outros países. Ainda na mesma década, a empresa lançou um neurochip óptico, principal dispositivo para a realização de um neurocomputador óptico.

Em 1990, a companhia foi reconhecida pelo fornecimento do primeiro sistema de navegação automotivo do mundo, bem como entregou, na mesma década, o telescópio Subaru para o Observatório Astronômico Nacional do Japão.

Nos anos 2000, a organização testou, com sucesso, o primeiro sistema de comunicações criptográficas quânticas do Japão, a tecnologia MISTY de criptografia para celulares, que passou a ser padrão para dispositivos da terceira geração
No mesmo ano, o veículo de transferência não tripulado KOUNOTORI, de fabricação da Mitsubishi Electric, se acoplou, com sucesso, à Estação Espacial Internacional (ISS) para descarregar provisões, entre eles cinco satélites que foram postos em órbita.

Em 2010, a companhia desenvolveu seu primeiro equipamento com tecnologia GPON (Gigabit Ethernet Passive Optical Network), projetado para trafegar dados em grande quantidade com velocidade compatível. O aparelho alcançou o status de líder de mercado no Japão.

Ainda no mercado japonês, a Mitsubishi Electric foi responsável por entregar o trem mais rápido do Japão, o Hayabusa série E5. Também foi considerada, em 2019, a empresa com o maior número de patentes do país e a segunda do mundo.

Mercado brasileiro

A empresa chegou ao Brasil em 1975, inicialmente para atender fabricantes japoneses. Atualmente, a marca vem se consolidando como uma das principais fornecedoras de soluções nas divisões de Automação Industrial e CNC que comercializa produtos como Controladores (CLPs), Dispositivos de visualização (IHMs), Servo Acionamentos, Inversores de Frequência, Robôs Industriais, Produtos de Baixa Tensão, Sistemas Supervisórios e Soluções de Monitoramento de Energia.

Atualmente, a companhia atende os principais segmentos da Indústria, como alimentos e bebidas, automotivo, tratamento de água e esgoto, mineração, óleo e gás, metalurgia, papel e celulose entre outros, por meio dos cerca de 40 distribuidores e 30 integradores de sistemas espalhados pelo país. Em 2019, a empresa registrou o maior número de patentes.

Evolução da Automação

Para acompanhar a evolução da automação na Indústria 4.0, principalmente no Brasil, a empresa lançou, em 2020, uma nova linha de inversores de frequência, a E800, capaz de tornar o ambiente industrial mais inteligente em diversos campos, devido a integração do inédito circuito de detecção de gás corrosivo, o primeiro inversor com funções de IA (Inteligência Artificial) para diagnóstico de falhas e defeitos.

Ainda no campo da automação industrial, foi trazida ao Brasil toda a família de produtos de baixa tensão, que totaliza mais de cinco mil itens fabricados no Japão, entre disjuntores, contatores, relés de sobrecarga e multimedidores, proporcionando uma solução completa para vários tipos de indústrias e aplicações.

A divisão de Automação Industrial da Mitsubishi Electric cresceu 237% em faturamento de 2014 a 2020. Aproximadamente 5% da receita é destinada a pesquisas e desenvolvimento.

Para Fabiano Lourenço, vice-presidente da Mitsubishi Electric no Brasil, o país é promissor, principalmente, por ser um dos mais importantes mercados do mundo. “Dessa forma, pretendemos continuar investindo para ampliar ainda mais nosso portfólio de produtos e soluções e continuar na vanguarda das principais tecnologias que permitirão elevar as indústrias locais a um novo patamar”, destaca o executivo.

Sobre a Mitsubishi Electric Corporation

Com quase 100 anos de existência, a Mitsubishi Electric Corporation é reconhecida como líder mundial na fabricação, comercialização e vendas de equipamentos elétricos e eletrônicos utilizados em Sistemas elétricos e de energia, Automação industrial, Sistemas de informação e comunicação, Dispositivos eletrônicos, Sistemas de transporte e Aparelhos domésticos.

Com o princípio corporativo de contribuir com a criação de uma sociedade próspera, a companhia está presente em mais de 40 países ao redor do mundo, totalizando mais de 140 mil colaboradores. A empresa registrou receita de 4.462,5 bilhões de ienes (US$ 41,4 bilhões*) no ano fiscal encerrado em 31 de março de 2020. Para obter mais informações, visite: www.mitsubishiElectric.com

* Com uma taxa de câmbio de 107,70 ienes para o dólar americano, a taxa dada pelo Mercado de Câmbio de Tóquio em 11 de maio de 2020.

Sobre a Mitsubishi Electric do Brasil

No país desde 1975, a Mitsubishi Electric do Brasil reflete os valores globais da companhia, atuando nas áreas de: Automação Industrial e CNC, Sistemas de Ar Condicionado, Automação de Processos, Equipamentos Automotivos, Sistemas de Visualização e Sistemas de Transporte.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.