Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Liderança feminina: A experiência de mulheres na logística

Executivas da área de logística relatam os desafios de equilibrar a vida pessoal com as ambições da carreira profissional e a necessidade de estabelecer estratégias e políticas efetivas para dar mais espaço à liderança feminina

Na última quinta-feira (25), aconteceu o  webinar “Mulheres na Logística: Especial da Intermodal South America” que ocorreu na  plataforma Intermodal Xperience, com o painel “Mulheres Inovadoras, Negócios Inovadores”.

A conversa foi conduzida pela presidente da Associação Brasileira das Entidades Portuárias e Hidroviárias (ABEPH) e CEO da Companhia Docas do Ceará, Mayhara Chaves, e contou com as seguintes participações: da CEO da Mercosul Line (Grupo CMA CGM), Luiza Bublitz; da CEO da UPS Brasil, Nadir Moreno; da diretora de operações da Pathfind, Eliete de Lima; e da diretora de Gente, Cultura e Transformação Digital da Log-In Logística Intermodal, Andrea Simões.

O bate-papo abordou como as executivas chegaram até as posições de liderança que ocupam atualmente e os desafios de equilibrar a vida pessoal com as ambições da carreira profissional.

Um dos pontos ressaltados foram as dificuldades da maternidade, em particular, o sentimento de culpa que existe pela ausência em decorrência da carga horária de trabalho, as inúmeras viagens e experiências em morar em outros estados e no exterior.

Mayhara Chaves, da Companhia Docas do Ceará, revelou que, na mudança para Fortaleza, procurou uma casa próxima ao porto para conseguir estar presente nas refeições junto com o marido e o filho pequeno. No que diz respeito à trajetória profissional, ela pontuou a importância de estar sempre buscando mais aprendizado.

“A proximidade entre a casa e o trabalho me permite estar presente para jantar com a minha família e depois ainda esticar a noite estudando”, disse. Ela, com apenas 36 anos, assumiu o cargo de CEO da companhia em julho de 2019 e está cursando Mestrado em Logística e Gestão Portuária, na Universidade Politécnica de Valência.

Também recém chegada ao cargo de CEO na Mercosul Line (Grupo CMA CGM), Luiza Bublitz assumiu o posto em julho do ano passado. Ela ressaltou que as mulheres não devem ter medo de expor suas ideias no ambiente de trabalho e que as oportunidades de trabalhar no exterior não devem ser deixadas de lado. “Uma experiência internacional proporciona um avanço indiscutível no amadurecimento da carreira, na visão das perspectivas e na habilidade de adaptação”, disse.

Luiza destacou ainda que, com a experiência no exterior, observou um dado interessante: o equilíbrio de gênero em cargos de liderança é maior no Brasil e em países da América Latina quando comparado aos países da Europa. “Um exemplo é na própria Mercosul Line, onde a diretoria é praticamente 50/50 entre homens e mulheres”, avaliou.

A liderança feminina também é equilibrada na UPS Global, segundo a CEO da empresa no Brasil, Nadir Moreno. “50% dos cargos de presidência são ocupados por mulheres na UPS pelo mundo”, revelou a executiva. Nadir está há 30 anos na empresa e começou a escalada até o cargo de CEO como assistente de atendimento ao cliente. Para ela, o importante para alcançar os objetivos é sempre pensar um passo de cada vez na carreira e ter a responsabilidade de buscar o conhecimento necessário para estar preparada para quando surgirem as oportunidades.

Para a diretora de operações na Pathfind, Eliete de Lima, o conhecimento também é um grande condutor na carreira.

Com formação em engenharia da computação e pós-graduação em telecomunicações, a executiva revelou que, para alcançar a liderança na área de tecnologia, é imprescindível estar sempre atualizada. “A indústria de tecnologia apresenta inovações em uma velocidade maior que a disponível na área acadêmica”, ressaltou. Ela também pontuou a necessidade de buscar sempre uma mentoria para desenvolver o potencial e alcançar os objetivos.

Outro ponto abordado pelas executivas na conversa foi a necessidade de estabelecer estratégias e políticas efetivas para dar mais espaço à liderança feminina. “Temos que tirar do papel os programas de diversidade, com metas e métricas que sejam transformadas em ações reais”, avaliou a diretora de Gente, Cultura e Transformação Digital da Log-In Logística Intermodal, Andrea Simões.

Ela disse que o objetivo é criar um ‘pipeline’ que comece na base e aumente o recrutamento de mulheres e o desenvolvimento de suas carreiras. “O ambiente de trabalho tem que ser propício para que as mulheres sejam incentivadas e se sintam à vontade para alcançar cargos de liderança”, disse. Com formação em engenharia química, Andrea começou a carreira na AMBEV, mas mudou o rumo da carreira para a área de recursos humanos por acreditar que “a transformação das empresas deve ser realizada através de gente”.

Sobre a Intermodal South America

A Intermodal South America é a maior plataforma de negócios das Américas direcionada aos setores de logística, intralogística, transporte de cargas e comércio exterior, que oferece soluções completas ao mercado.

Uma delas é a feira de negócios, que é realizada há mais de 20 anos e é considerada o principal ponto de encontro destes segmentos, reunindo, em três dias, os principais players do setor, com o objetivo de fomentar negócios e parcerias e dar suporte ao desenvolvimento e aprimoramento tecnológico dos segmentos que congrega.

Em sua última edição, reuniu mais de 400 marcas expositoras, de 22 países, e atraiu mais de 38 mil profissionais. Em 2021, o evento já tem data marcada e acontece de 1 a 3 de setembro, no São Paulo Expo, em São Paulo (SP).

A feira é organizada pela Informa Markets que, em junho de 2018, tornou-se o grupo líder em serviços de informações B2B e o maior organizador de eventos B2B no mundo.

Sobre a Informa Markets

A Informa Markets cria plataformas para indústrias e mercados especializados em fazer negócios, inovar e crescer.

Nosso portfólio global é composto por mais de 550 eventos e marcas internacionais, sendo mais de 30 no Brasil, em mercados como Saúde e Nutrição, Infraestrutura, Construção, Alimentos e Bebidas, Agronegócio, Tecnologia e Telecom, Metal Mecânico, entre outros.

Oferecemos aos clientes e parceiros em todo o mundo oportunidades de networking, de viver experiências e de fazer negócios por meio de feiras e eventos híbridos, conteúdo digital especializado e soluções de inteligência de mercado, construindo uma jornada de relacionamento e negócios entre empresas e mercados 365 dias por ano.

Para mais informações, visite www.informamarkets.com.br ou entre em contato através do e-mail institucional@informa.com

Comentários estão fechados.