Arezzo&Co visa reduzir 30% das emissões de gases efeito estufa até 2030 - Revista Capital Econômico
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Arezzo&Co visa reduzir 30% das emissões de gases efeito estufa até 2030

Companhia, que acaba de divulgar seu quarto report anual de sustentabilidade, vem trabalhando em uma série de medidas voltadas para consolidar as ações ESG do grupo

A Arezzo&Co, grupo que reúne as marcas Arezzo, Schutz, Anacapri, Alexandre Birman, Fiever, Alme, Vans, AR&Co, Baw e Carol Bassi, está com uma agenda de sustentabilidade ambiciosa para os próximos anos.

Em sua quarta edição do relatório de sustentabilidade, divulgada no último dia 14, o grupo anuncia sua meta de reduzir em 30% as emissões absolutas de Gases de Efeito Estufa (escopos 1, 2 e 3).

Com receita bruta de R$ 3,6 bilhões e mais de 24 milhões de peças vendidas em 2021, o grupo estruturou sua estratégia de sustentabilidade baseada em três pilares, são eles a produção responsável, meio ambiente saudável e pessoas empoderadas.

Para fortalecer a agenda ESG, a companhia estabeleceu compromissos públicos com metas assumidas dentro de cada um dos pilares prioritários.

E para reforçar ainda mais a importância, atrelamos o cumprimento das metas de 20% de rastreabilidade do couro, 35% de pessoas negras na companhia, 5% de redução de emissões de GEE e 100% certificação de fornecedores a remuneração variável do C-level neste ano.

Alinhado com nossos compromissos, o grupo prevê alcançar 100% dos seus fornecedores diretos certificados até o final deste ano e, também, 100% de sua cadeia rastreada e certificada até 2024.

Até dezembro de 2021, 64% dos fornecedores diretos da companhia eram certificados pela ABVTEX e 70% dos curtumes, operações de processamento do couro, eram certificados pela LWG (Leather Working Group) e/ou pela CSCB (Certificação de Sustentabilidade do Couro Brasileiro).

“Temos 100% dos nossos fornecedores avaliados em critérios socioambientais e, ainda, 100% das nossas camisetas de algodão certificadas”, acrescenta o Diretor de Gente e Gestão, Sustentabilidade e Expansão da Arezzo&Co, Marcos Vidal.

Moda circular

O grupo também tem ampliado sua atuação no segmento da moda circular por meio da TROC, brechó online.

O resale tem contribuído para a economia de mais de 720 milhões de litros de água; evitando que 131,5 toneladas de roupas sejam destinadas a aterros sanitários e permitindo que 920,3 toneladas de CO2 sejam emitidos na atmosfera.

Em 2021, o grupo também foi selecionado para compor a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3, o que demonstra a solidez na adoção de boas práticas ESG, posicionando a companhia entre as empresas referência em sustentabilidade no Brasil.

No último ano, e pela primeira vez, a Arezzo&Co participou do Carbon Disclosure Project (CDP), com obtenção de nota C+, tornando a empresa elegível para a entrada na carteira do ISE da B3.

Já no pilar social, o grupo investiu mais de um milhão em projetos sociais, beneficiando mais de 23 mil famílias, com a distribuição de alimentos e apoio a iniciativas voltadas para educação e cultura.

Em governança, a Arezzo&Co tem trabalhado para promover a diversidade e inclusão entre os times, com a construção de uma estratégia que conta com ações afirmativas.

A companhia, que foi certificada pelo GPTW (Great Place to Work) em 2021 com 76% de aprovação por parte dos colaboradores, que afirmaram que a empresa é um ótimo lugar para se trabalhar, pretende continuar impulsionando impulsionar a diversidade e inclusão entre as equipes através de ações afirmativas.

Ainda em prol da diversidade, o grupo lançou uma cartilha e pretende treinar 100% dos seus colaboradores, incluindo o time da Arezzo, Reserva para falar sobre sensibilização de vieses inconscientes, diversidade e inclusão.

O treinamento, destinado aos colaboradores do varejo das lojas dos segmentos de vestuário, calçados, bolsas e acessórios, contou com 1.208 participantes diretos, sendo 84% do público composto por franqueados e 16% de profissionais das lojas próprias do grupo.

“Ser diversa e inclusiva faz parte da essência do grupo, que conecta múltiplos perfis e estilos em uma só empresa”, finaliza Vidal.

Para acessar o material completo da Cartilha de Diversidade, clique aqui.

Comentários estão fechados.