Link-Belt recebe visita do distribuidor da Colômbia - Revista Capital Econômico
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Link-Belt recebe visita do distribuidor da Colômbia

Representantes da Partequipos vieram ao Brasil conhecer a estrutura da marca e alinhar práticas de gestão

Três gestores da Partequipos, distribuidor oficial da Link-Belt na Colômbia, estiveram no Brasil, entre os dias 03 e 08 de abril, para conhecer a estrutura da fabricante e o time brasileiro responsável pela gestão da rede de distribuição da marca na América Latina.

A ação compõe a estratégia da Link-Belt de se manter próxima aos distribuidores, tendo o relacionamento como um dos valores da empresa

Esse também é o pensamento de Lady Murcia, encarregada de Logística e Comércio Exterior da Partequipos.

Para ela, poder conhecer as pessoas com quem trabalha remotamente todos os dias reforçará a parceria.

“Sempre destaco que a Link-Belt tem uma excelente comunicação e isso, para a área de Comércio Exterior, é fundamental”, comenta ela.

Já Francisco Javier, gerente Comercial da empresa, destaca que a visita à sede no Brasil evidenciou a importância da equipe que dá suporte ao atendimento. “Já trabalhei com outras marcas muito bem reconhecidas pelo mercado”, diz ele.

“O diferencial da Link-Belt, além da qualidade do produto, está nas pessoas que estão ‘atrás dos equipamentos’ e que possibilitam que tudo aconteça prontamente”, reforça.

Com nove unidades espalhadas pela Colômbia, uma no Peru e outra nos Estados Unidos a Partequipos foi a distribuidora responsável por apresentar a marca Link-Belt ao país vizinho, em 2011.

Desde o início dessa história, o relacionamento cresceu e, hoje, a empresa já comercializou mais de 400 equipamentos da fabricante.

As escavadeiras, geralmente, são alocadas em projetos que visam a melhoria da qualidade de vida da população colombiana, de acordo com Lina Gonzalez, coordenadora Comercial da Partequipos que também visitou o Brasil.

Inclusive, dois dos projetos destacados por ela são a construção do metrô de Bogotá e a reconstrução de locais destruídos por desastres ambientais.

“Gostaria ainda de ressaltar que a Link-Belt foi a primeira fabricante a confiar em nós e que isso é extremamente valioso. Estar no Brasil e conhecer a filial é a realização de um sonho”, finaliza Lina.

Durante o período no Brasil, o time Partequipos pôde conhecer o escritório e o estoque de peças da Link-Belt, além de visitar a cidade de São Paulo, onde tiveram contato com um pouco da cultura brasileira, além de lugares como o estádio Allianz Park e o Mercado Municipal.

A LBX Company

A matriz da LBX está localizada em Lexington, no Estado do Kentucky (EUA) e suas origens datam de 1874.

A marca é sinônimo de equipamentos inovadores para as indústrias florestal, reciclagem, demolição e de manuseio de materiais.

Atua nas Américas, de Norte a Sul, atendendo a uma base de clientes leais em parceria a uma forte rede de distribuidores.

Por intermédio dos distribuidores, são fornecidos treinamentos, peças, serviços e suporte técnico para os proprietários de equipamentos Link-Belt.

A Link-Belt Latin America

As escavadeiras Link-Belt® chegaram na América Latina em 2004, mas ganharam ainda mais espaço no mercado latino-americano a partir de 2012, quando a LBX do Brasil, subsidiária da americana Link-Belt Excavator Company, empresa do grupo japonês Sumitomo, se estabeleceu na cidade de Sorocaba (SP).

Deste então, os equipamentos têm aliado a tradição da marca americana de quase 150 anos de mercado com a tecnologia e qualidade consagradas da indústria japonesa.

Comentários estão fechados.