Porto apresenta lucro líquido de R$175,1 milhões no 1º trimestre de 2022 - Revista Capital Econômico
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Porto apresenta lucro líquido de R$175,1 milhões no 1º trimestre de 2022

As receitas da companhia registraram aumento de 21,4% em relação ao ano anterior, alcançando a marca de R$ 5,9 bilhões

A partir deste trimestre, além de trazer a nova marca da holding, a Porto também passa a apresentar marcas distintas para cada uma de suas principais verticais de negócio, focadas em diferentes segmentos de mercado:

Porto Seguros, Porto Saúde e Porto Seguro Bank.

A Porto encerrou o primeiro trimestre de 2022 com um lucro líquido de R$ 175,1 milhões e uma receita total de R$ 5,9 bilhões.

A Porto Seguros apresentou crescimento de 16%. Já a Porto Saúde e a Porto Seguro Bank atingiram crescimentos ainda mais expressivos, superiores a 35%, resultando em 21,4% de aumento da receita total em relação ao 1T21.

“Somos muito mais do que uma seguradora, e isso fica cada vez mais evidente com os resultados apresentados e com a nossa estratégia de ser um verdadeiro ecossistema de negócios no mercado. Trabalhamos para reforçar nossa posição de companhia que utiliza a tecnologia para oferecer experiências únicas e inovadoras para os clientes, com amplas opções de soluções e proteção para todos os momentos na vida das pessoas”, explica Roberto Santos, CEO da Porto e diretor da área de Relação com Investidores da companhia.

Na Porto Seguros, as receitas atingiram R$ 3,9 bilhões no período, por meio do crescimento acima de 15% nos principais produtos: Auto, Patrimonial e Vida.

A companhia busca ser a seguradora mais presente na vida das pessoas, com a oferta de experiências encantadoras, soluções inovadoras e profundo processo de analytics.

Uma das iniciativas para alcançar este objetivo foi o lançamento de campanhas de marketing de massa em programas como o Big Brother Brasil e o Encontro com Fátima Bernardes, veiculados na Rede Globo, para anunciar o novo Azul Seguro Auto por Assinatura que busca democratizar ainda mais o acesso ao seguro automotivo.

Outra iniciativa foi o lançamento da nova marca da Azul, com identidade visual mais moderna e leve.

Também foi lançado ao mercado o novo seguro para Celular da empresa, digital e com forte potencial de penetração e crescimento, além do seguro Vida Presente, com prêmios nivelados, que habilita a Porto para atuar em um segmento mais sofisticado e demandante de soluções especializadas.

Crescimento

Na Porto Saúde, as receitas cresceram 37,4% (vs. 1T21), impulsionadas pelo Seguro Empresarial, que ampliou seus prêmios em 43,2% no trimestre e adicionou 95 mil vidas nos últimos 12 meses, alcançando cerca de 370 mil vidas seguradas.

A Porto Saúde oferece um amplo portfólio de soluções em planos de saúde, odontológicos e de saúde ocupacional acessíveis, somando ainda um ecossistema de benefícios para as pessoas e para os negócios.

Na Porto Seguro Bank, a expansão das receitas em 36,7% foi decorrente, principalmente, do forte crescimento das receitas de Cartão de Crédito e Financiamento, com destaque para a elevação de 16% (vs. 1T21) no número de contas ativas de cartão, além do aumento expressivo de Fianças Locatícias, Consórcios e do portal imobiliário Olho Mágico que já conta com mais de 50 mil anúncios ativos.

A Porto Seguro Bank nasce com 3,5 milhões de negócios, com a proposta de oferecer soluções ágeis, inovadoras, e focada não apenas em tech, mas na satisfação de seus clientes.

Para isso, lançou a conta digital e estruturou as soluções financeiras em serviços de pagamentos, produtos de crédito e investimentos.

Para dar impulso a essa iniciativa, a Porto Seguro Bank será a patrocinadora oficial do Grande Prêmio São Paulo de Fórmula 1 pelos próximos três anos.

E em relação à carteira de crédito, ela segue crescendo consistentemente, porém com cautela, dado o cenário macroeconômico mais adverso, nível de incerteza do mercado e deterioração da capacidade de pagamento das famílias.

No segmento de Serviços, as receitas cresceram 35,6% (vs. 1T21), decorrente da evolução dos negócios do Carro Fácil, que atingiu 10,8 mil contratos ativos, e do crescimento dos serviços de assistência Porto Faz e Reppara!, que juntos aumentaram a receita em 48,9% no trimestre (vs. 1T21).

No consolidado de todos os negócios de seguros, a companhia encerrou o trimestre com um Índice Combinado de 99,2%, um aumento de 5,6 p.p. em comparação ao mesmo período do ano anterior, explicado principalmente pela elevação na sinistralidade do seguro Auto, impactada pela inflação de veículos e peças e pelo aumento da mobilidade, já equacionado em modelos de subscrição e precificação.

O índice consolidado de D.A.+D.O. de seguros melhorou 2,1 p.p., atingindo 14,5%, melhor resultado trimestral histórico, decorrente de investimentos contínuos em tecnologia e aperfeiçoamento dos processos para aumentar a eficiência operacional.

O resultado financeiro da empresa atingiu R$ 150 milhões no trimestre, o que representa uma rentabilidade das aplicações financeiras (ex-previdência) equivalente a 83% do CDI.

O número foi impactado principalmente pelo desempenho dos títulos indexados à inflação e da alocação em câmbio (USD), embora as alocações em renda variável tenham contribuído positivamente, e favorecido a rentabilidade anualizada sobre o patrimônio líquido médio, atingindo 7,5% no trimestre.

A Porto segue avançando também em iniciativas para promover o crescimento sustentável e, a partir de agora, possui uma plataforma de ASG onde estarão concentradas todas as ações de sustentabilidade e responsabilidade social.

“No período, ultrapassamos a marca de 100 mil acionistas na bolsa de valores, um marco que motiva toda a companhia a seguir firme no propósito de oferecer experiências transformadoras e ser cada vez mais um Porto Seguro para as pessoas e seus sonhos”, avalia Roberto Santos.

Principais destaques (1T22 em comparação com 1T21):

  • Receita Total: R$ 5.884 milhões (+21,4%)
  • Receita Porto Seguros: R$ 3.936 milhões (+16%)
  • Receita Porto Seguro Bank: R$ 1.058 milhões (+36,7%)
  • Receita Porto Saúde: R$ 720 milhões (+37,4%)
  • Receita Serviços: R$ 105,8 milhões (+35,6%)
  • Índice Combinado (seguros): 99,2% (+5,6 p.p.)
  • Resultado Operacional: R$ 135,6 milhões (-63,3%)
  • Resultado Financeiro: R$ 149,8 milhões (-22,7%)
  • Lucro Líquido Total: R$ 175,1 milhões (-40,6%)

A Porto

A Porto é mais que uma seguradora, é um ecossistema de soluções de serviços de proteção com tecnologia embarcada, para melhorar e facilitar a experiência do cliente.

Com mais de 75 anos de mercado, a companhia possui três verticais de negócios: Porto Seguros, Porto Saúde e Porto Seguro Bank.

Além de 11,7 milhões de clientes únicos, 13 mil funcionários, 12 mil prestadores e 36 mil corretores parceiros, a empresa conta ainda com 55 sucursais e escritórios regionais em todo o Brasil.

Ao todo 27 empresas fazem parte do universo Porto Seguro — entre elas: Azul Seguros, Itaú Seguros de Auto e Residência e Porto Seguro Uruguay.

Em 2021, a Companhia apresentou R$ 21,5 bilhões de receita e lucro líquido de R$ 1,54 bilhão.

O momento é de aceleração do crescimento e expansão de novas frentes de negócio para lançar cada vez mais produtos inovadores e ser cada vez mais um porto seguro para as pessoas e seus sonhos.

Comentários estão fechados.