Construmetal 2019 debate o futuro da construção metálica no Brasil

Maior congresso latino-americano dedicado ao setor já tem data e local marcados para ocorrer: será de 14 a 16 de agosto, em São Paulo (SP), com atrações exclusivas

0
29
Construmetal-2019

Visando recuperar o ritmo de negócios na indústria da construção metálica que, entre 2005 e 2013 cresceu 10,5% ao ano, segundo a Associação Brasileira da Construção Metálica (ABCEM), e alcançou dois milhões de toneladas produzidas em 2014, um recorde no segmento, empresários e players do setor se reúnem em São Paulo (SP) para o debate a respeito do futuro deste mercado no País.

O encontro já tem data marcada e acontece no maior congresso latinoamericano dedicado ao setor, o Construmetal, que chega à 8ª edição, agendada para ocorrer de 14 a 16 de agosto deste ano, das 13h30 às 18h, no São Paulo Expo. Organizado pela própria ABCEM – em parceria com a Informa Markets, a maior promotora de eventos Business to Business do Brasil e do mundo – o evento tem como um de seus principais objetivos a divulgação deste sistema construtivo, exatamente com a ideia de mostrar as diversas oportunidades de investimentos e o potencial de negócios que possui para uma recuperação significativa.

“Para voltar a crescer é preciso retomar os investimentos, sejam eles públicos, privados, nacionais ou estrangeiros. O fato de a demanda ter enfraquecido nos últimos anos não quer dizer que a recuperação não ocorrerá, mas o recomeço depende da confiança. O Construmetal tem como intuito ajudar a trazê-la de volta ao seu patamar mais alto, mostrando as tendências na arquitetura metálica, os problemas e as soluções na engenharia do setor, as tecnologias que visam a produtividade e a sustentabilidade, entre outros benefícios que este sistema oferece”, afirma o presidente da ABCEM, Marino Garofani.

Por conta disso, o assunto principal do congresso será “Construção em Aço: Soluções para o Desenvolvimento Sustentável” que, de acordo com Garofani, harmoniza-se com a agenda dos executivos da construção, “de quem se poderá ouvir os objetivos em relação à promoção da competição e à desburocratização do setor, para estimular a economia e gerar mais valor”, diz.

Baseado nessa pauta, o evento vem repleto de palestras, com temas atuais e relevantes do segmento, além de nomes consagrados do mercado para dissertar sobre eles. No primeiro dia, por exemplo, às 14h, será realizado o painel “Novidades e Tendências em Edificações de Múltiplos Pavimentos”, com a presença de arquitetos como Nivaldo Vieira (presidente da direção nacional do Instituto de Arquitetos do Brasil). Mais tarde, às 15h30, será a vez do seminário “Panorama Nacional da Construção em Aço”, com arquitetos como Edison Lopes (presidente da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura).

No segundo dia, 15, painéis como “Construção em Aço: Problemas e Soluções em Projetos e Obras – Como Definir Prioridades e Implementá-las”, às 15h, com a participação de engenheiros como Eduardo Ferreira Lafraia (presidente do Instituto de Engenharia); e “Estrutura Metálica – Produtividade e Inovação”, às 17h, com João Vendramini (presidente da Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural) norteiam as discussões.

No terceiro e último dia, 16, temas como “Tecnologia e Qualidade: Adoção do BIM – Opção ou Necessidade?”, com participação da subsecretária de desenvolvimento produtivo de rede industrial do Ministério da Economia, Talita Saito; “Infraestrutura – Desafios e Oportunidades na sua Ampliação e Renovação”, com as presenças do secretário de desenvolvimento de infraestrutura do Ministério da Economia, Diogo Faria; e do secretário de infraestrutura e meio ambiente do Estado de São Paulo, Marcos Penido; e “Perspectivas de Retomada da Economia Brasileira – A Construção em Aço nessa Retomada”, com o secretário especial de produtividade, emprego e competitividade do Ministério da Economia, Carlos Da Costa, encerram a rodada de debates.

“Para nós, é uma honra organizar e promover, junto à ABCEM, um evento tão importante para a indústria da construção metálica do País, como o Construmetal, que reúne as mais relevantes autoridades e especialistas do setor em um único local, com o objetivo de fomentar o constante desenvolvimento deste mercado em solo nacional”, ressalta a gerente geral do portfólio de infraestrutura da Informa Markets, Márcia Gonçalves.

Mais Novidades – Outros atrativos exclusivos aguardam os profissionais do setor durante os três dias de evento, como as Contribuições Tecnocientíficas, das 14h às 18h40, sob o comando do professor Henrique Campelo Gomes, da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Da mesma forma, cursos qualificatórios, com renomados professores nacionais, também integram a grade de conteúdos únicos do Construmetal 2019.

Ao todo, serão quatro disponíveis, das 9h às 19h. No dia 14, o curso “Vibrações em Estruturas de Aço”, com o professor Zacarias Martin Chamberlain, da Universidade de Passo Fundo, abre a programação. Dia 15, as aulas sobre “Estabilidade Estrutural: Abordagens Teórica, Computacional e Normativa” e “Projetos de Pontes em Aço”, com os professores Walnório Ferreira, da Universidade Federal do Espírito Santo; e Fausto Muñoz, da Engenharia Projetos Consultoria S/A, respectivamente, ganham espaço. O curso de Muñoz, aliás, continua no dia 16, mesma data da aula “Ações e Efeitos do Vento em Estruturas de Aço”, sob coordenação do professor Acir Mércio Loredo, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Por fim, em paralelo a essa rica grade de conteúdos, o evento oferece ainda uma exposição especial, onde os profissionais do setor poderão conferir, em primeira mão, as últimas novidades e tecnologias deste mercado, com as principais empresas e marcas do segmento.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Digite seu nome aqui