Concurso Nacional de Rabo de Galo acontece nesta segunda-feira (dia 13) em São Paulo - Revista Capital Econômico
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

Concurso Nacional de Rabo de Galo acontece nesta segunda-feira (dia 13) em São Paulo

No evento, serão premiadas receitas inéditas de um dos coquetéis mais consumidos no Brasil, preparadas por 48 bartenders competidores. Aberto ao público e com entrada gratuita, o concurso também será transmitido on-line

É coquetel, mas pode chamar de Rabo de Galo, como é popularmente conhecido Brasil afora. Há mais de 60 anos, este drink entrou para a história do país e vem se tornando um patrimônio cultural, assim como já é a Caipirinha.

O sucesso da mistura de Vermute com Cachaça é grande entre os adeptos da boemia. Por isso, a bebida desperta o interesse dos bartenders e mixologistas, que estudam a origem da Coquetelaria Brasileira.

Para enfatizar o potencial deste drink entre os profissionais e as empresas do setor, será realizada nesta segunda-feira, dia 13, a partir das 13 horas, o IV Concurso Nacional do Rabo de Galo.

O evento é aberto ao público, com entrada gratuita, e acontece presencialmente em São Paulo, sendo também transmitido on-line nos canais @rabodegalo.oficialbrasil, @derivansouzaferreira e Canal Mestre Derivan.

No primeiro horário, 13 horas, já tem início as palestras e os workshops ministrados por especialistas do setor. Já às 15 horas, tem início o concurso no qual 48 bartenders de todo país (o maior número de todas as edições) prepararão receitas inéditas do clássico para 20 jurados técnicos e 20 jurados de degustação.

A grande novidade desta edição será a premiação por equipes, ou seja, o público poderá assistir às disputas individuais entre bartenders e disputas entre equipes de bares e coquetelarias.

Para os presentes, será possível acompanhar a disputa de receitas ao mesmo tempo em que se degusta gratuitamente as cachaças em exposição. A premiação acontece às 19 horas, seguida do encerramento.

“Projetado para tornar a mistura fracionada de cachaça com vermute cada vez mais reconhecida internacionalmente e poder ser inserido como o segundo coquetel brasileiro a base de cachaça na lista da IBA – International Bartenders Association, o concurso Rabo de Galo é, com certeza, o maior ponto de encontro entre etilistas, mixologistas, produtores e, claro, apreciadores de cachaça”, destaca Mestre Derivan, um dos idealizadores do evento.

De acordo com Carlos Lima, diretor executivo do Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC), entidade representativa do setor da Cachaça e patrocinadora do evento, a quantidade de atributos da Cachaça e a sua versatilidade podem ser comprovadas por meio de sua utilização em diversos drinks, como o Rabo de Galo, do qual a Cachaça é o principal ingrediente.

Temos produtores de Cachaça distribuídos em todo o Brasil, além disso exportamos para mais de 70 países. Iniciativas como a do Concurso são fundamentais, uma vez que valorizam uma bebida que é genuinamente brasileira e colaboram para ampliar o conhecimento sobre o Rabo de Galo no mercado nacional e elevá-lo ao cenário da coquetelaria internacional”, declara Lima.

rabo-de-galo

Sobre o Rabo de Galo

A história do coquetel teve início na cidade de São Paulo com a chegada de uma fábrica de bebidas nos anos 50. A indústria queria atender aos anseios dos imigrantes italianos que, encantados pela Cachaça, deixaram de consumir o Vermute para apreciar o “ouro líquido brasileiro”.

Assim, foi criada uma mistura dos dois – Cachaça e Vermute, com um copo apropriado, que continha marcação das doses.

A bebida era para ser denominada de Cocktail, mas a ideia foi rapidamente descartada e substituída pela tradução da palavra, que significa: Rabo de Galo. O Rabo de Galo, que inicialmente tinha em sua proporção original 2/3 de Cachaça para 1/3 de Vermute, atualmente não possui uma receita exata e nem há uma técnica fixa de preparo: as bebidas podem ser misturadas num mixing glass, com gelo ou no próprio copo de servir.

Comentários estão fechados.