13 passos para montar um pequeno negócio
Mais do que uma simples leitura: é informação relevante, confiável e que gera conexão!

13 passos para montar um pequeno negócio

Antes de montar um pequeno negócio é necessário ter em mente, e anotados, os passos necessário para a realização desse sonho.

Muitos brasileiros sonham em montar um pequeno negócio para ter finalmente a sua independência financeira.

Porém, para ter sucesso o futuro empreendedor precisa dar lugar à razão e controlar um pouco a emoção nesse momento.

Afinal, existem alguns passos que precisam ser dados para que a montagem do negócio seja bem sucedida.

Nesse sentido, os tópicos abaixo elencam os 13 passos essenciais para montar um pequeno negócio.

1. Antes de tudo, pesquise bastante

O primeiro passo antes de montar um pequeno negócio é pesquisar, e pesquisar muito.

Em primeiro lugar, você deve procurar saber em que nicho vai entrar, que tipo de produtos e/ou serviços vai oferecer, etc.

Depois, você precisa entender se aquele ramo escolhido realmente pode vir a dar certo, observando aspectos como demanda, concorrência, etc. 

A partir disso, siga para os próximos passos.

2. Monte um bom plano de negócios

O primeiro passo para a montagem de uma nova empresa em si, depois da definição do ramo de atuação, é a criação de um plano de negócios.

O plano de negócios é um documento que reúne todas as principais informações sobre o empreendimento, direcionando os seus rumos iniciais.

Para fazer isso, é indicado que você busque consultoria com um profissional do setor de empreendedorismo, para que ele possa te auxiliar nesse sentido.

3. Faça um planejamento financeiro rigoroso

Se você quiser montar um pequeno negócio e manter ele no início, precisará fazer um sério planejamento financeiro.

Tenha em mente que nas primeiras semanas ou até meses, você poderá não lucrar o suficiente para pagar as contas do novo empreendimento.

E por falar em contas, a base do planejamento financeiro é ter todas as despesas fixas anotadas antes mesmo de o negócio ser inaugurado.

Com esse cálculo em mãos, você terá uma noção de quanto precisará todos os meses, faça chuva ou faça sol.

A partir disso, busque financiamentos para iniciar o seu negócio, de preferência pegando algum dinheiro próprio para investir.

Evite fazer dívidas e fuja dos juros do cheque especial e do cartão de crédito.

4. Busque a opinião de outras pessoas que também abriram negócios próprios

O Brasil ainda carece muito de uma educação direcionada ao empreendedorismo e, por isso, muitas pessoas que querem montar um pequeno negócio ficam órfãs de informações.

Uma boa opção para solucionar esse problema é conversar com outros empreendedores que já passaram por esse momento e obtiveram sucesso.

Para fazer isso, você pode buscar grupos específicos nas redes sociais e até fazer visitas físicas a algumas pessoas da área, que você eventualmente conheça.

5. Faça testes para saber se a sua idéia é realmente boa

Depois de pesquisar, montar um bom plano de negócios, definir a fonte de financiamento para o seu empreendimento e pedir conselhos a outros empreendedores, chegou a hora de testar o seu modelo de empresa.

Isso pode ser feito através de pesquisas para entender o que o consumidor pensa sobre o produto e/ou serviço oferecido, bem como a forma de apresentação escolhida.

Esse passo é tão importante quanto os anteriores, pois através dele todo o direcionamento das estratégias do negócio será formulado.

6. Faça parcerias

Ter boas alianças também é imprescindível para você, que quer montar um pequeno negócio.

No início do seu empreendimento, faça parceria com outros empreendedores, com financiadores, influenciadores, empresários de sucesso, etc.

O objetivo deve ser buscar ajuda para alavancar o seu negócio, bem como gerar valor aos eventuais parceiros.

7. Pense em uma boa estrutura comercial

O sétimo passo para montar um pequeno negócio depende da correta aplicação dos passos anteriores.

Isso porque, para entender qual é a melhor estrutura comercial a ser implantada no seu empreendimento, você terá que definir qual é o formato que ele terá.

Você pode oferecer serviços unipessoais, ter uma pequena empresa, montar uma cooperativa, etc.

De toda forma, arquitetar a estrutura do seu negócio é essencial no processo de montagem do seu empreendimento.

8. Dê um nome ao seu negócio e registre-o

Poucas pessoas dão o devido valor ao nome de um negócio no momento em que ele está sendo criado.

Porém, batizar um empreendimento é um passo importantíssimo no seu processo de forja.

Afinal, é o nome da empresa que vai estampar campanhas de marketing e ficar fixo na mente dos clientes.

Além disso, ao decidir um nome para a sua empresa, você deve registrá-lo em cartório para não correr o risco de estar usando o nome de alguma outra empresa ou ter o nome escolhido utilizado por outro empreendedor no futuro.

9. Organize a papelada

Antes de colocar o seu negócio para funcionar, legalize-o. Essa regra não pode ser ignorada jamais.

Documentos como alvará de funcionamento, certificados de inspeção, comprovantes de abertura de CNPJ e outros, precisam estar na sua mão antes da abertura das portas.

Isso irá evitar transtornos com as autoridades. Fique ligado!

10. Defina onde o seu negócio irá funcionar

Você lembra do que falamos no sétimo passo? Pois bem, no décimo passo você deve concluir esse processo.

Depois de pensar em como será a estrutura do seu empreendimento, você deve definir um lugar para que ele funcione.

Se o seu pequeno negócio for uma loja, por exemplo, alugue um ponto e reforme-o para adequá-lo à sua proposta.

Se o empreendimento tiver funcionamento home office, organize o espaço de trabalho na sua casa.

De toda forma, o importante é ter tudo ajustado antes de começar as atividades.

11. Contrate um contador

Se você quer montar um pequeno negócio, não negligencie a necessidade de ter um contador à disposição.

Esse profissional ficará responsável pelo ajuste das contas da sua empresa, cuidando inclusive da parte fiscal do seu negócio.

Não ter um contador joga a nova empresa na informalidade, o que é extremamente danoso e negativo.

12. Monte uma equipe

Depois de entender todas as características do seu futuro negócio, você já sabe se irá precisar de uma equipe de funcionários.

Se a resposta for afirmativa, reúna as pessoas certas para compor o seu empreendimento.

Lembre-se de montar um processo seletivo eficaz, contratar pessoas capazes de fazer o serviço e também promover capacitações acerca das novas atividades.

13. Comece a divulgar o seu negócio

Por fim, mas longe de ser menos importante, o último passo para montar um pequeno negócio é investir no marketing.

Mas, investir no marketing logo de início? Sim, isso deve acontecer!

Pequenos negócios não são tão conhecidos, sobretudo se a concorrência for pesada no ramo escolhido.

Portanto, ter uma boa estratégia de marketing pode dar o impulso inicial que o novo empreendimento precisa para dar certo.

Leia mais:

Quanto custa demitir um funcionário?

Como fazer o cálculo de férias?

Franquia de energia solar: vale a pena investir?

Comentários estão fechados.