O que é mercado de ações: como funciona e como investir

O mercado de ações oferece boas oportunidades de lucro. Contudo, é necessário conhecer bem esse mundo de investimentos.

O interesse por investir no mercado de ações só aumenta, segundo alguns levantamentos feitos nos últimos anos.

Hoje em dia existem milhões de brasileiros que decidiram apostar nesse tipo de investimento, que é considerado de risco.

Para aumentar ainda mais esse interesse, muitos bancos oferecem áreas dedicadas a investimentos do tipo em suas plataformas.

Além disso, surgiram muitos bancos digitais e corretoras de investimento que facilitaram ainda mais o acesso ao mercado de ações.

Contudo, se você deseja entrar nesse mercado, precisa antes conhecer o terreno em que está pisando.

O que é o mercado de ações?

O famoso mercado de ações é o local onde as empresas de capital aberto vendem pequenos pedaços de si mesmas para qualquer pessoa que deseje comprar.

Esses pedaços são chamados de ações e, ao comprar uma ação, você está se tornando um dos sócios de determinada empresa, pelo menos na teoria.

O dinheiro que essas empresas conseguem com a venda das ações é revertido em investimentos internos.

Assim, se a empresa consegue vender muitas ações e permanece tendo lucros, as ações tendem a valorizar.

Contudo, muitas outras movimentações do mercado podem fazer as ações caírem de valor.

Crises em governos, escândalos políticos e problemas internos nas empresas, por exemplo, costumam mexer com o valor das ações.

Todo esse vai-e-vem é o motivo pelo qual o investimento em ações é classificado pelos especialistas como de alto risco.

Mercado de ações e a bolsa de valores

A bolsa de valores é o ambiente onde o mercado de ações funciona. Muitas pessoas confundem as duas coisas.

Aqui no Brasil, a B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), é a responsável por conectar empresas e investidores.

Nesse ambiente, que hoje pode ser acessado de várias formas, acontecem os seguintes tipos de negociação:

  • Mercado primário: quando as empresas vendem as ações diretamente aos investidores;
  • Mercado secundário: quando os investidores negociam ações entre si.

É responsabilidade da bolsa de valores gerenciar as regras do mercado de ações, evitando fraudes e protegendo os investidores na medida do possível.

Quais os tipos de ações existentes?

Como citamos acima, as ações são pequenas frações do capital das empresas listadas na bolsa de valores.

Portanto, se você comprar uma ação de determinada empresa, poderá lucrar com os resultados dessa companhia.

Esse lucro pode vir na forma de proventos, como os dividendos, ou com a própria valorização da ação.

Assim, se você comprar uma ação por R$ 10,00 e ela passar a valer R$ 15,00 pouco tempo após a compra, você pode vendê-la pelos R$ 15,00, lucrando R$ 5,00.

Contudo, essa lógica pode se reverter e as ações acabarem desvalorizando. Afinal, estamos falando de um investimento de risco.

Para entender melhor as ações, é necessário conhecer também os seus tipos. Saiba mais sobre eles abaixo:

  • Ações ordinárias (ON): quem compra ações ordinárias pode ter direitos especiais no conselho da empresa em questão, caso se torne um acionista de peso na companhia;
  • Ações preferenciais (PN): os investidores que têm ações preferenciais não possuem privilégios na empresa em que são acionistas. Por outro lado, recebem o pagamento de proventos antes do que os donos de ações ordinárias.

Como investir no mercado de ações?

Para se tornar um investidor em ações, você precisa ter uma conta em uma corretora de valores e investimentos.

Lá, você terá acesso a uma plataforma onde poderá comprar e vender as suas ações.

Nessa plataforma, que é chamada de Home Broker, você poderá também observar as oscilações de preço das ações.

O que esperar do mercado de ações?

O mercado de ações no Brasil só tende a crescer, pelo menos em número de investidores.

Além disso, todos os anos várias empresas fazem a sua estreia no mercado, abrindo o seu capital.

Com isso, é esperado que cada vez mais haja crescimento e lucros para todos.

Contudo, vale destacar que o mercado de ações pode ser uma mina de ouro ou um poço sem fundo, a depender do comportamento do investidor.

Portanto, não faz sentido se basear em achismos e tendências atuais.

Para ter sucesso no mercado de ações é necessário se tornar um estudioso na área e estar atento a todo tipo de movimentos, sobretudo os econômicos e políticos.

Leia mais:

5 profissões do marketing digital para ganhar dinheiro

Programa de afiliados: Top 10 para se inscrever

mercado de ações